Apesar do Treze e Náutico terem feito um jogo muito truncado, neste sábado, no estádio Amigão, pela Série C. Desde o início, o confronto se mostrou mais um jogo de xadrez do que de futebol. Quem tivesse maior habilidade para armar um lance fatal, venceria o confronto. Isso coube aos alvirrubros. Nas poucas oportunidades criadas em 90 minutos, Matheus Carvalho garantiu a vitória sobre os paraibanos, pela contagem mínima. Com resultado, o Náutico chega no G-4 do Grupo A – na terceira posição -, com seis pontos. Treze cai para zona de rebaixamento, em nono.

 

Primeiro tempo

 

É preciso dizer que a etapa inicial foi muito nervosa. Esqueça, no entanto, jogadores de cabeça quente. Ao contrário, paraibanos e pernambucanos foram até muito cordiais nos primeiros 45 minutos. Ocorre que, com a bola no pé, tanto um quanto o outro abusaram dos erros. Os lances se criavam muito mais nos erros dos defensores do que pela boa articulação tática. Poucas oportunidades foram criadas e, do lado do Treze, pode-se dizer que Eduardo tem sua parcela de culpa por não deixar os donos da casa numa melhor condição. Na que o Timbu teve clara, com Matheus Carvalho aproveitou cruzamento da direita, de Thiago, e fez o dos alvirrubros.

 

Segundo tempo

 

Ninguém pode acusar Treze e Náutico de falta de vontade, na fase complementar da partida. Ainda assim, o período de intervalo não foi suficiente para o Galo formular algo para quebrar a barreira defensiva do Alvirrubro. Alias, os 51 minutos finais – a arbitragem deu seis minutos de acréscimos – foram assim. Meio atabalhoado, de qualquer jeito, o Treze partiu para cima. O Náutico, por sua vez, com as duas linhas de quatro funcionando bem, deu uma aula de marcação. Bem atrás, procurava apenas um contra-ataque fatal. E até teve o lance, com Thiago, para aumentar o marcador e deixar tudo mais tranquilo. Mauro salvou o Treze de algo pior, menos das vaias da torcida, no fim do confronto.

 

O que vem pela frente

 

O Treze volta a se apresentar na Série C, no domingo, dia 26. O Galo da Borborema vai até o Rio Grande do Norte para enfrentar o Globo, no estádio Barretão, às 17h. O Náutico, em outra frente, retorna aos campos um dia antes, no sábado. Pela frente, tem o Confiança, nos Aflitos, às 17h15.

 

Ficha do jogo

 

Náutico: Bruno; André Krobel, Camutanga, Suelinton e Josa; Jiménez, Luiz Henrique, Thiago e Matheus Carvalho (Danilo Pires); Wallace Pernambucano (Rafael Oliveira) e Odilávio (Tarcísio). Técnico Gilmar Dal Pozzo.

 

Treze: Mauro Iguatu; Edy, Penna, Ítalo e Silva; Juninho, Copetti e Marcelinho Paraíba (Júnior Pacato); Gil (Maxwell), Vini e Eduardo (Cesinha). Técnico Flávio Araújo.

 

Redação

 

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Graças a Cuca, São Paulo goleia a Chape e vai à 5ª colocação

O São Paulo está novamente na briga pelas primeiras posições no Campeonato Brasileiro. Na noite desta segunda-feira, o time comandado pelo técnico Cuca recebeu a Chapecoense, no estádio do Morumbi,…

Botafogo-PB anuncia novo auxiliar técnico para a sequência da Série C

O Botafogo-PB anunciou o novo auxiliar técnico para a sequência da Série C do Brasileiro. Na tarde desta segunda-feira, o clube anunciou a contratação do ex-zagueiro Marco Antônio, de 44…