Em busca do acesso, o Campinense inicia neste domingo (05), a sua sétima participação na Série D do Campeonato Brasileiro. O rubro-negro que já chegou a disputar a Série B, e conquistar a Copa do Nordeste em 2013, estreia contra o Vitória-PE, às 16h na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Além de paraibanos e pernambucanos, o Grupo A7 conta com os baianos da Jacuipense e o tradicionalíssimo ASA, que pertence ao estado de Alagoas.

A Raposa busca quebrar um tabu de nunca ter conseguido um acesso nessa divisão do Brasileiro. O “calvário” rubro-negro na Série D começou na temporada de 2012, logo após o rebaixamento na Série C do ano anterior. Já naquele ano o acesso bateu na porta do Campinense e acabou escapando justamente no mata-mata que valia a vaga contra o Baraúnas do Rio Grande do Norte.

 

Em 2014 e com uma campanha para ser esquecida, com a eliminação ainda na primeira fase sendo que em 2015, a eliminação foi nos pênaltis para o Operário do Paraná; em 2016 para o Itabaiana de Sergipe, também nos pênaltis, e em 2017 a Raposa deu adeus à Série D ao ser eliminada pelo Fluminense de Feira de Santana.

No ano passado, o Campinense caiu diante do Ferroviário nas quartas de final, também nos pênaltis e a uma vitória do acesso. O Ferroviário sagrou-se campeão da competição. 

 

Esse ano, o rubro-negro pretende escrever uma nova história e enfim, realizar o sonho do acesso. A equipe treinada por Francisco Dia, manteve a base do Estadual, mas reforçou alguns setores.

 

Com dificuldades financeiras notórias e em meio a um processo eleitoral que só terminará com o pleito no fim de maio, a Raposa foi buscar jogadores que disputaram o Campeonato Paraibano pelo Atlético de Cajazeiras, Sousa e Serrano.

Do Trovão, a Raposa foi buscar, o volante Ferreira, do atacante Yerien e do goleiro João Manoel, enquanto que do Serrano, contratou o meia Neto, o volante Robertinho, e o atacante Erivan, que marcou o primeiro gol da vitória sobre o Náutico pela pré Copa do Nordeste, além do lateral-direito Iranílson, vindo do Sousa. Essa semana, a diretoria confirmou a contratação do volante Negretti.

A equipe vice campeã paraibana está empolgada após a vitória de virada por 2 x 1 contra o Náutico e espera estrear com vitória na competição nacional.

A Raposa deve iniciar a sua campanha na Série D deste ano com o mesmo time que venceu o Timbu. Ou seja, com Wagner Coradin; Gustavo, Henrique Mattos, Richardson e João Victor; Ferreira, Vitor Maranhão e João Paulo (Alex Mineiro); James (Yerien), Erivan e Lucas Lopeu.

 

Serrano – Se por um lado o Campinense vai jogar sua sétima Série D, a Paraíba vai ter um representante inédito na competição nacional em 2019. O Serrano-PB foi o terceiro colocado no estadual do ano passado e vai fazer sua primeira participação em campeonatos brasileiros este ano.

Rebaixado na disputa do Campeonato Paraibano, o Serrano- fez uma grande reformulação em seu elenco visando a sequência da temporada 2019, especificamente a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. No total, o Lobo da Serra confirmou as contratações de 12 atletas que serão comandados pelo técnico Jairo Santos na competição nacional.

 

Para não repetir a pífia campanha do Estadual, o Lobo da Serra contratou os laterais Renan, Elton e Lucas Sousa; os zagueiros Alisson e Fábio; os volantes Nilton e Léo; os meias Diego Serra, Igor Vinícius e Igor Gomes; além dos atacantes Quese Jones e Juninho.

 

O Serrano-PB faz sua partida de estreia na quarta divisão nacional neste sábado, em casa, no Estádio Amigão, jogando contra a equipe do América de Natal. A equipe paraibana está no Grupo A6 da competição nacional, junto com o próprio América-RN, e também com América-PE e Bahia de Feira.

 

Severino Lopes

PB Agora

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Treze empata, escapa do rebaixamento da Série C e acaba sonho de acesso de Botafogo (PB)

Em uma arrancada impressionante, o Treze escapou do rebaixamento da Série C do Campeonato Brasileiro. Numa rodada emocionante e cheia de expectativas, o Galo só precisou empatar em 2 x…