A Paraíba o tempo todo  |

UFPB admite corte de ponto para professores que se negarem a dar aulas presenciais

Nesta segunda-feira (21), o reitor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Valdiney Gouveia, admitiu que os professores da instituição que se recusarem a dar aula presencial poderão ter o ponto cortado.

É que hoje a instituição retomou as atividades de forma presencial, exigindo a apresentação do passaporte de vacinação contra a Covid.

Ainda conforme Valdiney, o corte de ponto ainda não está definido, porém o Conselho Universitário (Consuni) poderá se reunir e disciplinar isso.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe