Por pbagora.com.br

 Como parte da programação da Jornada Nacional de Lutas dos servidores públicos federais, com paralisação das atividades na UFPB e UFCG, o SINTESPB organizou para esta quarta-feira, dia 08 de abril, uma mobilização diferente, que transcende os muros das universidades, levando à população serviços de saúde.

A programação organizada pelos servidores(a) técnico-administrativos da UFPB da área de Saúde, que será realizada na Praça dos Três Poderes, no centro da capital, a partir das 08:00 horas da manhã, constará da oferta de teste de glicemia capilar, verificação de pressão arterial e atividades de Educação Física.

Na oportunidade, haverá também a entrega de material informativo explicando à sociedade os motivos da mobilização e das 72 horas de paralisação nas universidades.

Na quinta-feira, dia 09, o ponto alto da programação da Jornada de Lutas será a realização de um ato público em defesa do Hospital Universitário Lauro Wanderley, a partir das 07:00 horas, em frente ao ambulatório.

Já neste mesmo dia às 19:00 horas, numa atividade conjunta do SINTESPB com a ADUFPB, os manifestantes estarão participando da conferência “Riqueza e Miséria do Trabalho no Brasil”, com o professor da Unicamp-SP`, Ricardo Antunes, sociólogo e autor de vários livros sobre reestruturação produtiva a exemplo de “Adeus ao mundo do trabalho”, entre outros que será realizada no auditório 412 do CCHLA.

Na sexta-feira, haverá ainda outra conferência, desta feita enfocando a reforma da previdência social no Brasil: crítica às MPs 664 e 665, que será ministrada pela professora de Serviço Social da UNB, Maria Lúcia Lopes.

O SINTESPB está enviando a Brasília uma delegação para participar da luta contra a aprovação do Projeto de Lei 4330/04, que terceiriza e precariza as relações de trabalho e cobrar a abertura de negociações com o Governo Federal.



Foto ilustrativa 

Ascom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sobe para 51 o número de instituições portuguesas que aceitam a nota do Enem

O nome da nova instituição de ensino superior portuguesa que passa a aceitar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso é Universidade NOVA de…