A retomada das aulas na rede estadual de ensino, na Paraíba, continua incerta. Pelo menos foi esse o prognóstico dado pelo secretário de Estado da Educação, Cláudio Furtado, nesta sexta-feira (12), ao ser questionado se a educação estaria incluída no plano de retomada gradual de atividades que será detalhado, logo mais às 18h, pelo governador João Azevêdo (Cidadania).

A expectativa é de que a educação siga as indicações do que a saúde e o comitê científico possam dizer sobre as condições para sua volta. Segundo ele, assim que os números sejam suficientes para que que se possa retomar as atividades, o Estado tomará as providências.

Furtado justificou o não previsão de volta acadêmica devido ao fato de a comunidade escolar ser um fácil  vetor de transmissão.

“Temos quer ter o cuidado para não acontecer como em São Paulo, onde anunciaram a volta e depois tiveram que fechar após o aumento das infecções. “Tem que ter segurança para a retomada”, emendou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ainda sem data de retorno, MEC lança protocolo para volta às aulas

O Ministério da Educação preparou um Protocolo de Biossegurança para oferecer condições mínimas para a retomada das aulas em universidades e outras instituições de ensino. O documento define os cuidados que devem…

Equívocos que podem comprometer a venda do seu imóvel em Salvador

Mantenha o foco e tenha paciência na hora de vender o seu imóvel, qualquer coisa que saia fora de seu controle pode prejudicar diretamente no processo de venda do sua…