Por pbagora.com.br
 
 

A retomada das aulas na rede estadual de ensino, na Paraíba, continua incerta. Pelo menos foi esse o prognóstico dado pelo secretário de Estado da Educação, Cláudio Furtado, nesta sexta-feira (12), ao ser questionado se a educação estaria incluída no plano de retomada gradual de atividades que será detalhado, logo mais às 18h, pelo governador João Azevêdo (Cidadania).

A expectativa é de que a educação siga as indicações do que a saúde e o comitê científico possam dizer sobre as condições para sua volta. Segundo ele, assim que os números sejam suficientes para que que se possa retomar as atividades, o Estado tomará as providências.

Furtado justificou o não previsão de volta acadêmica devido ao fato de a comunidade escolar ser um fácil  vetor de transmissão.

“Temos quer ter o cuidado para não acontecer como em São Paulo, onde anunciaram a volta e depois tiveram que fechar após o aumento das infecções. “Tem que ter segurança para a retomada”, emendou.

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Fies: regras para renegociação de débitos são publicadas pelo MEC

Solicitação pode ser feita por quem possui contratos firmados até o 2º semestre de 2017 Quem está em débito com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) pode participar do Programa…

Renegociação de dívidas do Fies é regulamentada pelo Governo

Renegociação de dívidas do Fies é regulamentado pelo Governo. O governo federal regulamentou o programa que permite a renegociação de dívidas de financiamentos concedidos com recursos do Fundo de Financiamento…