Por pbagora.com.br

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) intensificou, durante toda esta semana, seu planejamento de estruturação e execução de ações para o retorno de atividades práticas de laboratórios e estágios supervisionados na Instituição. Para isso, a reitora, professora Célia Regina Diniz, e a vice-reitora, Ivonildes Foncesa, se reuniram com chefes de Departamentos e os diretores de todos os Centro de Ensino da Universidade para traçar as diretrizes necessárias para o reinício das aulas práticas já a partir deste semestre. As reuniões aconteceram no Gabinete da Reitoria, no Câmpus I, seguindo o distanciamento social e os protocolos de segurança de saúde.

Desde a segunda (25), até esta sexta-feira (29), foram traçadas estratégias, metas e diretrizes para garantir um retorno seguro das aulas, seguindo rigorosamente as normas dos decretos municipal e estadual em prevenção à Covid-19. A intenção desse plano de retomada é assegurar um retorno seguro e responsável, com a implantação de medidas de biossegurança que evitem a transmissão do novo Coronavírus para todos os estudantes, professores e técnicos que desenvolvem suas atividades em setores onde acontecem as aulas práticas.

A Instituição também está reunindo esforços para adquirir todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) necessários para tornar o ambiente seguro. De acordo com o planejamento e execução dessas medidas, o retorno das atividades práticas na UEPB acontecerá a partir do que for autorizado pela Secretaria de Saúde do Estado da Paraíba, e pelas autoridades sanitárias. De acordo com a reitora, professora Célia Regina, a UEPB tem uma série de componentes práticos que não puderam ser realizados em 2020 em decorrência da pandemia, e dos decretos que impossibilitaram a realização de aulas presenciais.

“A retomada dessas atividades práticas visa dar continuidade as disciplinas que ficaram em aberto e que são necessárias para que os alunos possam integralizar seus currículos. A exemplo disso, nós temos os estudantes dos cursos de Odontologia, Fisioterapia, Enfermagem, Psicologia e outros cursos que têm estágios e atividades práticas em laboratórios e que precisam ter continuidade. Esta semana teve essa dinâmica, no sentido de entender como está a realidade de cada Centro, tomar ciência de quais são as necessidades mais urgentes para que possamos atendê-las para o início das aulas”, destacou.

Além de terem tratado sobre a retomada dessas atividades específicas, a reitora Célia Regina, e a vice-reitora Ivonildes Fonseca, também aproveitaram os encontros para iniciarem um diálogo com os professores da Instituição. De acordo com a professora Célia, e intenção é se reunir novamente com os diretores de todos os Centros da UEPB ainda antes do início do semestre 2020/2, que está programado para acontecer em 17 de fevereiro, ainda de forma remota.

Redação com assessoria

Notícias relacionadas

UEPB disponibiliza 3.049 vagas para ingresso pelo SiSU

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) aprovou nesta quarta-feira (24) o termo de adesão para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) no semestre de 2021.1, que usa as notas do…

ALPB discute retorno das aulas presenciais e vacinação de profissionais da educação

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou audiência pública, nesta quinta-feira (25), para debater o retorno às aulas presenciais nas redes de ensino pública e privada do Estado. A reunião,…