O projeto de extensão “Mobilidade Urbana Ano 2”, do Departamento de Arquitetura e Urbanismo (DAU) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mapeou os bairros de João Pessoa onde há caronas para o campus I, localizado na capital.

De acordo com os dados registrados, os bairros dos Bancários, Miramar e Torre são os de maiores índices para ofertas de caronas. Seis, quatro e quatro, respectivamente. Outros bairros com boa disponibilidade são Bessa (três), Manaíra (duas), Tambaú (duas) e Bairro dos Ipês (duas). Ao todo, são 31 caronistas e 171 caroneiros identificados.

A coordenadora do projeto, professora Claudia Ruberg, revela que essas ações objetivam a reflexão acerca da mobilidade urbana e a sedimentação de estratégias para melhorias ambientais na cidade de João Pessoa.

“Pretendemos ampliar ainda mais as ações (virtuais e físicas), possivelmente unir esforços nas intervenções táticas com outros projetos de extensão e também captar mais interessados em oferecer e receber carona com destino/origem no campus universitário”, ressalta Claudia.

O início da participação na “Carona Solidária” se deu a partir das informações coletadas nos questionários no primeiro ano do projeto. Foram criados três grupos de Whatsapp, um em cada região da cidade, para quem se dispusesse a participar.

Interessados em colaborar oferecendo caronas podem entrar em contato com a professora Claudia Ruberg por meio do Whatsapp (83) 99668-8461.

Histórico

O projeto teve como inspiração o ‘Dia Mundial sem Carro’, que surgiu na França, em 1997, com objetivo de promover uma reflexão sobre o uso excessivo do carro.

Em João Pessoa, as ações vêm sendo guiadas pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), que promove atividades em pontos estratégicos da cidade, mostrando um lugar de lazer e convívio social e adicionando, por exemplo, rotas temporárias para ciclistas.

O primeiro ano do Projeto Mobilidade Urbana enfatizou, dentro do campus I da UFPB, por meio de diversas ações e intervenções num grande evento denominado “Humaniza Federal”, objetivando promover uma reflexão crítica sobre a cidade universitária e o modo de vida da comunidade nela existente.

O principal enfoque do projeto, em seu segundo ano, foi a “Carona Solidária”. Neste ano, o trabalho “Mobilidade Urbana Ano 2” foi um dos premiados pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da UFPB, que destaca anualmente os projetos de extensão com o selo Elo Cidadão.

Redação com UFPB

Deixe seu Comentário