Por pbagora.com.br
 
 

A candidata à Reitora da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professora Célia Regina Diniz, garantiu que sua gestão investirá fortemente nas atividades que fortalecerão a missão dos docentes no âmbito da Instituição. Com profundo conhecimento da vida dos professores da UEPB, Célia Regina disse que, juntamente com a candidata a vice-reitora, professora Ivonildes Fonseca, vai lutar de forma incansável para melhorar ainda mais as condições de trabalho dos professores.

Ela observou que os docentes têm um papel fundamental no processo de transmissão do conhecimento, da produção científica e na formação de pessoas cidadãs e aptas para enfrentar o mercado de trabalho e frisou que os professores são imprescindíveis na construção de ações e políticas públicas que consolidem os grandes avanços da UEPB.

Com essa visão, Célia Regina e Ivonildes apresentaram uma série de propostas voltadas aos docentes. As professoras da Chapa 2 garantem que vão trabalhar arduamente para que todos os docentes tenham melhor infraestrutura para o desenvolvimento de atividades pedagógicas no âmbito da UEPB. Ela também garantiu que vai continuar apoiando a liberação de docentes para capacitação em nível de pós-graduação, em formação continuada, como compromisso com a valorização profissional e investimento na excelência do ensino, pesquisa e extensão da Instituição.

Também são compromissos das professoras realizar concurso público para professores efetivos para os diversos cursos da Instituição, priorizando os departamentos com maior déficit de efetivos, além de fortalecer a política de liberação de docentes para realização de estágios de pós-doutoramento, tendo em vista o aprofundamento de pesquisas e o fortalecimento do ensino de graduação e dos programas de pós-graduação.

A carta programa das professoras Célia e Ivonildes também prevê a ampliação da oferta de cursos de capacitação continuada sobre práticas pedagógicas inovadoras, bem como incentivar, por meio de abertura de editais próprios, a produção de textos acadêmicos voltados para a melhoria do ensino, pesquisa e extensão.

Professora Célia também garantiu a promoção de eventos de acolhimento e integração dos professores da UEPB, por meio de encontros intracâmpus e intercâmpus, além de construir ambientes adequados para docentes de todos os câmpus desenvolverem suas atividades acadêmicas e ampliar o apoio à participação de docentes em eventos científicos e acadêmicos.

Assessoria

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“É precipitada a retomada das aulas presenciais”, diz juiz da Capital

A reabertura de escolas deve ser feita com a apresentação de planos específicos, não cabendo ao Judiciário tomar isoladamente alguma decisão, pois é preciso que especialistas, autoridades sanitárias e públicas…

“Escolas não são responsáveis pelo crescimento da pandemia na PB”, diz presidente do sindicato das escolas privadas

A polêmica envolvendo a reabertura de escolas na capital ganhou mais um capítulo, quando o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado da Paraíba (Sinepe-PB), Odésio de Souza Medeiros,…