A Paraíba o tempo todo  |

Prédio do Caic vai ser isolado pelo IFPB para evitar ação de vândalos

 O prédio onde funcionou o antigo Caic, em Mangabeira, deve ser aproveitado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba como nova unidade de ensino do Instituto.

O prédio foi cedido pelo Governo do Estado para o IFPB, mas o péssimo estado de conservação da unidade aliado à morosidade no processo de transferência em definitivo do prédio têm provocado demora na consolidação de instalação.

Em novembro do ano passado uma comitiva do IFPB, liderada pelo reitor Cícero Nicácio do Nascimento Lopes, visitou as instalações do Caic e constatou vários problemas. O reitor se mostrou impressionado com o estado deplorável de depreciação do prédio e determinou um estudo pericial e diagnóstico da viabilidade de uso da escola.

A Assessora de Implantação do Centro de Referência em Educação Profissional e Tecnológica de Mangabeira, Zoraida Arruda, disse que o Instituto só pode construir ou reformar o prédio quando tiver a posse em definitivo da área. “O IFPB está solicitando ao Governo do Estado que o prédio seja doado e não cedido, o que permitirá a execução de obras no local” afirmou.

O IFPB também aguarda resposta da Prefeitura de João Pessoa que ainda não repassou a documentação referente à doação de um terreno para o Instituto Federal ao lado do ginásio de esportes Hermes Taurino. “Estamos em busca de um espaço físico para construir o campus avançado de Mangabeira” revelou Zoraida.

Enquanto estas questões não são resolvidas, o reitor Nicácio Lopes determinou que a área do Caicserá cercada e contará com uma guarita e segurança para evitar a ação de vândalos no local. Um processo licitatório está em andamento na Pró-Reitoria de Administração para construção destes equipamentos. “É uma medida emergencial para evitar a depredação do patrimônio público” disse o reitor.

Diretoria de Comunicação do IFPB

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe