A importância de uma boa alimentação no resultado de uma prova foi destacado pelo nutricionista Nelson Justino, professor do curso de Nutrição e Educação Física do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê). Ele alerta que fazer jejum antes, por exemplo, da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode desenvolver uma situação de hipoglicemia na hora da prova, ocasionando sonolência, cansaço e desconcentração.

A apenas 17 dias do Enem, o especialista orienta os estudantes a manter uma alimentação correta, antes e durante a prova, pois alerta que o mesmo terá uma maior probabilidade em ter sua performance potencializada no Enem. “Quanto mais energia mental ele tiver durante a maratona de questões, melhor será seu rendimento. Não deixem de se alimentar mesmo com o nervosismo porque pode atrapalhar o rendimento do candidato. Como todos sabem, as provas do Enem são verdadeiras maratonas que exigem muita energia mental”, afirmou Nelson.

O nutricionista também recomenda evitar refeições pesadas, frituras, embutidos, industrializadas, fast foods nos dias que antecedem a prova, pois além de exigir muita energia para a digestão, quando somados a ansiedade e nervosismo podem trazer desarranjos intestinais como cólicas, gases, diarreia, atrapalhando o rendimento da prova.

“Às vésperas do Enem não é momento para degustar comida Tailandesa ou Arábe pela primeira vez ou provar aquele pastel de camarão que parece delicioso na lanchonete recém-inaugurada do bairro. Nos dias que antecedem as provas, evite a chance de qualquer mal-estar, optando por pratos leves e saudáveis”, disse. O nutricionista aconselha também levar alimentos que ajudam a saciar a fome e dão energia na hora da prova.

Enem – As provas do Enem 2019 serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro (dois domingos) por mais de seis milhões de estudantes. Na Paraíba, se inscreveram 174 mil pessoas. Os candidatos receberão os cartões de inscrições no próximo dia 16 com informação sobre local e sala de prova.

Segundo informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), as provas serão realizadas às 13h30 (horário de Brasília), com duração de 5h30 no primeiro dia, e 5h no segundo. Os gabaritos serão divulgados no dia 13 de novembro e o resultado será conhecido em janeiro de 2020.

Veja dicas valiosas para passar no Enem:

1. Saiba o que será cobrado em cada uma das provas.

Leia com atenção o Edital do Enem. Nele você encontrará uma lista dos assuntos que serão cobrados em cada uma das provas: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias.
Comece a estudar o quanto antes. As questões do Enem são complexas e misturam diversas matérias para identificar se o estudante realmente entendeu o assunto.

2. Cuidado com as atitudes que possam desclassificá-lo.

De nada adianta você estudar o ano inteiro e, no dia da prova, chegar atrasado ou postar uma foto do Exame nas redes sociais. Isso vai desclassificá-lo na hora.
Para não correr o risco de ter uma atitude que possa anular sua participação, leia atentamente o edital. Sim, de novo estamos falando deste documento, e não é por acaso! Todos os anos tem alguma novidade envolvendo o Enem e é importantíssimo que você saiba exatamente o que pode e o que não pode fazer no dia da prova.
Normalmente, só é permitido usar caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente. É proibido o uso de aparelhos eletrônicos durante a prova e nem pense em dar aquela olhadinha para o lado. Qualquer tentativa de cola vai deixá-lo fora da disputa!

3. Leia bastante e saiba interpretar textos

A prática da leitura é indispensável para se dar bem no Enem. As questões costumam ter textos longos e se você tem o hábito de ler conseguirá interpretá-las com mais facilidade e agilidade.

Algumas questões apresentam assuntos do cotidiano e a prova de redação sempre traz um tema da atualidade. Portanto, fique ligado nos principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Leia jornais e revistas e acompanhe os noticiários.

Tenha a mente aberta e procure ler opiniões diferentes das suas sobre assuntos polêmicos. Isso pode ajudá-lo a apresentar melhor o seu ponto de vista na redação.

4. Faça simulados e controle o tempo de prova

Um dos segredos para ter um bom desempenho no Enem é treinar bastante. As provas são bem extensas e os participantes têm poucas horas para respondê-las. Em média você terá três minutos para resolver cada questão e cerca de uma hora para elaborar a redação e passar seu texto a limpo na folha correspondente.

Ou seja, além de estudar muito os conteúdos, é importante que você saiba controlar o tempo de prova para não correr o risco de ter que deixar questões em branco ou chutar respostas.

Fazer simulados ajuda muito. Você pode aproveitar os que são organizados por escolas e cursinhos, resolver alguns pela internet ou mesmo fazer o download das provas anteriores do Enem no site do Inep.

É uma excelente forma de se familiarizar com o tipo de questão cobrada no Exame.

Após resolver o simulado, confira o gabarito e revise as questões que errou. É importante identificar quais conteúdos precisam de mais atenção.

5. Pratique a redação

É importante treinar não só para as provas objetivas, mas também para a redação. A melhor forma de fazer isso é escrevendo bastante.

Pratique o modelo exigido no Enem usando os temas que já apareceram no Exame.
Lembre-se que sua redação deve respeitar os direitos humanos e que você precisará defender um ponto de vista, além de apresentar uma proposta de intervenção social para o problema abordado.

No início, leve o tempo que for preciso para conseguir argumentar e discorrer sobre o tema proposto. Com a prática, tente estruturar seu texto de forma mais rápida (lembrando que você terá cerca de uma hora para escrever sua redação e passá-la a limpo no dia da prova).

6. Chegue com bastante antecedência

Você já deve saber que a organização do Enem não tolera nem um minuto de atraso. Todos os anos muitos estudantes são desclassificados por não conseguirem entrar no local de prova antes que os portões se fechem. Programe-se para chegar com antecedência!

Você saberá o local exato da prova quando o MEC liberar o Cartão de Confirmação de Inscrição. Isso deve acontecer alguns dias antes da aplicação do Enem. Aproveite para conhecer o caminho e ver quanto tempo você leva da sua casa até o seu local de prova.
Considere que no dia do Exame muitas pessoas estarão se dirigindo para o mesmo endereço e o trânsito será mais pesado que o previsto. Saia bem cedo de casa e planeje-se para chegar antes dos portões abrirem.

Importante! A prova do Enem costuma acontecer entre o final de outubro e o início de novembro, quando já estamos no horário de verão. Preste bastante atenção ao fuso horário da região onde você mora. Os horários de referência apresentados no edital são de Brasília.

7. Descanse na véspera da prova

Aproveite cada tempo livre durante o ano para se dedicar aos estudos. Na véspera do Exame, procure descansar e dormir cedo.

A prova do Enem é extensa e bastante exaustiva. Portanto, é fundamental que você esteja relaxado, concentrado e com o sono em dia!

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Aulas com crianças ao ar livre ajudam no desenvolvimento

O contato com a natureza nas escolas auxilia no aprendizado  Uma experiência de aprendizado diferente, prezando pelo contato com a natureza, é uma forma alternativa de desenvolvimento educacional que vem…

IFPB nomeia 81 aprovados no Concurso de Técnico-Administrativo

Os primeiros convocados entre os aprovados no Concurso para Técnico-Administrativo do IFPB foram nomeados através da Portaria nº 2.557/2019, que foi publicada no Diário Oficial da União de hoje, 18 de novembro…