Por pbagora.com.br

Começa nesta segunda-feira (7) a vistoria semestral dos transportes escolares de João Pessoa que estão cadastrados na Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob). Estão cadastrados 435 veículos de transporte escolar em João Pessoa. O processo de fiscalização segue até o dia 31 de janeiro deste ano.

 

Ainda segundo informações da Semob, o procedimento semestral tem como objetivo garantir a segurança do transporte para os estudantes. Cerca de seis mil crianças e adolescentes utilizam este tipo de serviço diariamente na capital paraibana.

 

Obedecendo a um cronograma de quatro semanas por ordem de registro do veículo, a inspeção ocorrerá no horário das 8h às 17h, na sede da Semob, no km 25 da BR-230, no bairro do Cristo Redentor. A previsão é de que cerca de 20 veículos sejam revisados por dia, de acordo com a ordem de chegada de cada condutor.

 

São checados em torno de 40 itens do veículo. Também é verificado se as faixas laterais e traseiras estão de acordo com as normas que regulamentam o serviço de transporte escolar. No processo de renovação da vistoria também são verificados os documentos do veículo e do condutor.

 

A vistoria tem uma taxa fixada em R$ 70,36. O proprietário do transporte escolar deve seguir o período de vistoria determinado pelo órgão gestor, mas pode até antecipar a inspeção e caso perca o prazo programada, pode solicitar a vistoria do veículo com o acréscimo da multa de R$ 26,39.

 

Ao ser aprovado, o veículo receberá um selo adesivo na cor amarela, correspondente à vistoria do primeiro semestre do ano, que é afixado no pára-brisa dianteiro. A Semob-JP recomenda aos pais de alunos que antes de contratar o serviço verifiquem

 

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Notícias relacionadas

UFPB inicia período letivo 2020.2 de forma remota, e Consepe vai avaliar o relatório da comissão de biossegurança

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) inicia nesta quarta-feira (3) o período letivo 2020.2 de forma remota. O período letivo da UFPB segue até o dia 3 de julho de…

MEC diz a universidades que manifestação política deve ser punida

O Ministério da Educação, por meio da Rede de Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes), encaminhou no último dia 7 de fevereiro um ofício em que pede a tomada de…