A Paraíba o tempo todo  |

João e reitor do IFPB discutem construção da unidade do Campus Mangabeira

O reitor do Instituto Federal da Paraíba, Nicácio Lopes, participou na última sexta- feira (09) de uma audiência virtual com o governador do estado, João Azevêdo. O ponto principal do encontro foi a construção da unidade do Campus Mangabeira.

O reitor Nicácio Lopes solicitou ao governador a cessão de um terreno para que o IFPB possa construir a sede própria do Campus Mangabeira. A unidade funciona atualmente na Escola Aruanda, nos Bancários através de uma parceria com a Secretaria de Educação do Município e já ocupou a estrutura da Escola Técnica do Estado. “O governador entendeu que o pleito é justo e vai estudar o pedido para que possamos realizar essa ação” disse o reitor.

Segundo a diretora do Campus Mangabeira, Zoraida Arruda, a falta de um espaço próprio inviabiliza a oferta de novos cursos. “Nossa ideia é ampliar a oferta de vagas, mas esbarramos na falta de uma melhor estrutura. A construção da sede própria do Campus é um sonho antigo que esperamos ser realizado em breve” disse. A unidade atualmente atende 170 alunos através do Curso de Cuidados de Idosos e Curso FIC em Cuidador Infantil. A equipe docente é formada por professores com mestrado e doutorado na área de saúde. A professora Zoraida destacou que apesar das dificuldades estruturais o campus também está envolvido em projetos de pesquisa e extensão.

Outra demanda discutida na reunião virtual foi o pedido do Campus João Pessoa de um espaço nas adjacências da unidade localizada em Jaguaribe. O reitor Nicácio Lopes explicou ao governador que o campus ocupa um terreno de aproximadamente 5 hectares, mas enfrenta problemas para expandir sua estrutura por falta de espaço para novas construções. O governador João Azevedo se mostrou sensível ao pleito e vai realizar estudos.

Por fim o reitor do IFPB fez um relato do andamento da construção da nova sede da reitoria, no antigo Caic em Mangabeira. A obra orçada em cerca de 16 milhões de reais está com grande parte dos recursos já empenhados, mas a pandemia deve provocar um realinhamento de preços em itens de engenharia como aço e ferro. Diante disso o reitor pediu ao governador que intercedesse junto à bancada federal paraibana. “Nós já temos uma relação muito boa com os parlamentares, mas pedimos ao governador que reforçasse essa intervenção porque talvez iremos precisar de ajuda adicional para
complementação dos recursos para construção da reitoria”.

Participaram da reunião virtual a Pró-Reitora de Ensino Mary Roberta, o diretor do Campus João Pessoa, Neilor César e a diretora do Campus Mangabeira Zoraida Arruda.

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe