Por pbagora.com.br

Com à Paraíba ainda travando uma batalha para conter o avanço do Covid-19, o Governo do Estado definiu um plano de retorno das aulas presenciais nas escolas, mas sem data prevista. Isso porque o Estado ainda enfrenta uma pandemia e os números tiveram alta nos últimos dias. A Paraíba hoje está entre os estados brasileiros na zona de instabilidade de mortes causadas pela Covid-19.

Diante dos números e das preocupações dos infectologistas, e das autoridades sanitárias epistemológica, o govenro publicou um decreto que estabelece diretrizes para o retorno das aulas presenciais na dos sistema educacionais da Paraíba e demais instituições de ensino superior.

O decreto estabelece o Plano Novo Normal para a Educação da Paraíba (PNNE/PB). Não há data definida para o retorno das aulas presenciais.

A execução do plano está vinculada ao resultado de inquérito sorológico que analisa o impacto da retomada das atividades educacionais presenciais na prevalência da contaminação do coronavírus na Paraíba, realizado pelas autoridades sanitária e de educação do Estado.

As análises que serão obtidas vão subsidiar as estratégias de retorno gradativo das atividades nas turmas nas diversas etapas e modalidades de ensino.
Há cerca de 15 dias, o govenro divugou um protocolo do novo normal para o segmento de educação, elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).
O documento sugere recomendações e orientações técnicas e de prevenção ao controle da Covid-19. O protocolo sanitário dedicado ao setor de educação não determina a abertura de escolas, creches, universidades ou centros de ensino. O retorno das aulas referentes ao ano letivo de 2020 ainda está em discussão. Por isso, o documento funciona como uma espécie de preparação para o futuro do segmento.

De acordo com o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, o estado está iniciando um processo de inquérito sorológico em duas mil residências paraibanas que têm crianças e jovens entre 3 e 17 anos convivendo com pessoas com maior risco de contágio para Covid-19. A intenção é estudar o cenário para desenhar de que forma retorno das atividades acontecerá.

O protocolo apresenta orientações de distanciamento social, higiene pessoal, limpeza e higienização de ambientes e o monitoramento das condições de saúde para os estudantes e funcionários.

SL
PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

IFPB encerra inscrições para 1.570 vagas; candidatos podem usar notas do Enem

O Instituto Federal da Paraíba -IFPB encerra, hoje (23), as inscrições para o novo processo seletivo de cursos superiores, com 1.570 vagas. Para concorrer, o candidato poderá utilizar as notas…

Prêmio Jabuti 2020 tem três representantes da PB entre os finalistas

Os escritores Maria Valéria Rezende, W.J. Solha e Patrícia Rosas estão entre os finalistas ao Prêmio Jabuti 2020. Os nomes foram divulgados nesta quinta-feira (22) e premiação acontece dia 26…