A Paraíba o tempo todo  |

Estudantes da Paraíba conquistam ouro e prata nas Olimpíadas de Astronomia

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Três estudantes dos cursos técnicos Integrados em Eletrônica e Contabilidade do IFPB campus João Pessoa obtiveram excelentes desempenhos nas Olimpíadas Brasileira de Astronomia e Astronáutica. Ellen Matias dos Santos Pessoa e Gabriel Tomaz de Lemos Garcia, ganharam ouro e Raquel Patrício Moraes foi medalhista de prata na OBA-2021.

Raquel Patrício ficou feliz com a medalha de prata, tendo em vista que não conseguiu se dedicar ao máximo, por conta das atividades do último ano do curso. “O tempo livre que eu tive na pandemia foi o que me incentivou a me dedicar, principalmente porque estou no meu último ano no campus e não terei outras oportunidades de participação”.

Gabriel Tomaz, que participou pela primeira vez da competição, não tinha grandes expectativas de conquistar uma boa posição. “Na verdade, foi uma surpresa muito grande! Eu não esperava nem ganhar uma medalha nessa olimpíada, mas pelo visto os esforços da preparação valeram a pena”.

Ellen Matias lembra que, antes de entrar no IFPB, nunca tinha tido oportunidade de participar das Olimpíadas de Astronomia. No ano passado, ela foi bronze e agora comemora a conquista do ouro. “Sobre o resultado, eu fico muito feliz, já que eu sempre gostei muito dessa área de estudos. A minha preparação para a OBA foi baseada praticamente em simulados, mas também assisti a algumas videoaulas sobre os conteúdos no YouTube, fora a grande ajuda do professor Allysson”.

O docente Allysson Macário é coordenador do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Astronomia (NEPA – IFPB), que apoia os alunos na participação em Olimpíadas e Concursos. Para o professor, esse resultado reforça a qualidade do ensino do IFPB e, sobretudo, o esforço de cada um deles. ‘‘Esse ano, por conta da pandemia, não foi possível encontrá-los pessoalmente. Eu passei algumas aulas gravadas para os alunos assistirem, mas o resultado foi o fruto dos esforços contínuos de cada um’’, afirma.

Além de ganharem as medalhas, os estudantes Ellen, Gabriel e Raquel, além da aluna Kaylanne da Rocha Alves, já estão selecionados para a seletiva 2022. A OBA tem como objetivo principal difundir o conhecimento astronômico pela sociedade brasileira e fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe