A aplicação das provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) começaram nesta segunda (21). Nesta edição, devem participar 73 mil escolas de todo o Brasil, mobilizando cerca de sete milhões de estudantes que estão distribuídos em 244 mil turmas.

A avaliação é de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e por meio dela é possível mapear indicadores educacionais de regiões, unidades da Federação e escolas brasileiras.

Além disso, o sistema também permite avaliar a qualidade, a equidade e a eficiência da educação.

Assim, as médias de desempenho do Saeb, juntamente com os dados sobre aprovação, obtidos no Censo Escolar, compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Nesta edição, o Inep implementou algumas inovações como a referência na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada em 2017. Uma delas, é que estudantes do 9º ano de escolas públicas e privadas farão os testes de ciências da natureza e ciências humanas com base na BNCC, que também será a referência para a avaliação dos alunos do 2º ano do ensino fundamental. As avaliações de língua portuguesa e matemática serão para todos os estudantes de 5º e 9º anos do ensino fundamental e de 3ª e 4ª séries do ensino médio e técnico integrado das escolas públicas.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pretos e pardos nas universidades públicas são mais da metade das matrículas, diz Pnad

Políticas de inclusão elevaram número de negros no ensino superior Celebrado anualmente no Brasil em 20 de novembro, o dia da Consciência Negra coincide com a morte de Zumbi dos…