A Paraíba o tempo todo  |

Estudante nega compra de vaga em curso de medicina da UFPB e atribui denúncia à inveja

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O estudante Diego Wenderson Pereira da Silva, apontado em procedimento investigatório do Ministério Público Federal como sendo o comprador de uma vaga no curso de Medicina na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) por R$ 80 mil, negou a acusação, em entrevista ao programa Cidade em Ação, da TV Arapuan, na tarde desta quarta-feira (11) e tratou o episódio como inveja.

Ele assegurou que participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que qualquer investigação poderá comprovar o fato. Ele contou ainda que faz cinco anos que fazia Enem com objetivo de entrar no curso.

O estudante, que está no primeiro período co curso disse ainda que não foi intimado a esclarecer os fatos. “Fiquei sabendo ontem na hora do almoço pela mídia que tinha uma denuncia contra mim. Quando fui ver até meu nome estava errado”, afirmou.


Diego Wenderson disse que está no primeiro período do curso de Medicina e atribui a denúncia à inveja: “Eu não tenho dúvida que foi uma pessoa com inveja. Eu vim da comunidade. Estou começando a melhorar de vida agora. eu não tenho dúvida que tem inveja”, frisou, destacando que “podem pegar a prova que ele fez e investigar” que não teme as denúncias.

O advogado do estudante disse que a denúncia ocorreu de forma equivocada.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe