Não ser aprovado no vestibular é uma situação que pode desmotivar muitas pessoas na continuidade dos estudos. Sensações de frustração e desânimo podem acompanhar quem se dedicou intensamente, refez a sua rotina, abdicou de momentos de lazer e, ainda assim, não conseguiu o resultado tão esperado.

No começo do ano é importante que o estudante aprenda a lidar com a situação para não perder a oportunidade de retomar a motivação para os estudos. Assim, encarar os sentimentos, refazer estratégias e aproveitar a experiência adquirida em provas passadas são alguns passos a seguir por quem não passou no vestibular.

Então, se você não alcançou a nota de corte necessária para ingressar no curso que queria, pelo Sisu ou Prouni, confira, a seguir, dicas para recuperar a motivação e não desistir do sonho.

1. Encarar os sentimentos

Diferentes sentimentos passarão na mente do estudante que não foi aprovado, principalmente pensamentos negativos. No entanto, é fundamental não consumir toda a sua energia com isso. É importante enfrentá-los antes de lidar com a sua recuperação.
Entender que o resultado do vestibular não o torna pior ou melhor do que ninguém é um bom começo para lidar com a frustração. Por isso, caso o estudante sinta necessidade de um acompanhamento profissional para lidar com as emoções, é recomendável procurar auxílio de psicólogo habilitado.

2. Usar a vantagem ao seu favor

O candidato que prestou vestibular conta com a vantagem de já conhecer o formato das questões. Assim, é fundamental tomar consciência dessa vantagem e não focar apenas no resultado que não foi alcançado. O estudante deve usar os conhecimentos adquiridos ao longo do ano anterior para reformular o seu plano de estudos e ter um cronograma que reforce os seus pontos fracos e amplie os pontos fortes. Lembre-se que a aprovação depende de organização, foco, disciplina, controle emocional e muita determinação.

3. Reformular as estratégias

Para alcançar um resultado diferente e conquistar a tão sonhada vaga na graduação, o estudante deve refletir sobre como ocorreu a sua preparação no ano anterior e o que pode ser melhorado na nova fase. Conhecer a si mesmo e entender as dificuldades e limitações pessoais também são fatores que interferem nesse processo de
recuperação. Faça uma lista do que pode ser modificado nesse recomeço. Se você teve uma rotina e, ainda assim, ela não deu certo, agora é o momento ideal de reformular, buscar auxílio de outros estudantes e ex-professores.

4. Dica bônus

Quem não conseguiu uma boa nota no Enem, que lhe permitisse ingressar em uma faculdade, pode cursar com bolsas de estudo. Existem programas de inclusão educacional, como o Educa Mais Brasil, que facilitam a entrada do estudante na faculdade sem precisar da nota do Enem.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Representantes da UFPB e UFCG comentam impactos durante a pandemia do coranvírus

Em plena pandemia do coronavírus no mundo, representantes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) comentam sobre a realidade financeira das suas instituições.…

UFPB divulgará novas datas para matrícula após quarentena do Covid-19

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) reitera, nesta quarta-feira (8), conforme Boletim Informativo divulgado no dia 24 de março, que estão suspensas as matrículas para ingressantes, via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e veteranos de cursos dos campi I (João…