A Paraíba o tempo todo  |

“Aula presencial só ocorrerá o ano que vem”, assegura reitora da UFPB

A reitora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Margareth Diniz, em entrevista a imprensa revelou que as aulas de forma presencial na universidade só devem ocorrer no próximo ano.  A médica e farmacêutica Margareth de Fátima Formiga Melo Diniz, se despede da função de reitora da UFPB no dia 13 de novembro, comentou também sobre investimentos durante a pandemia do novo coronavírus.

Questionada sobre como estão sendo os desafios enfrentados com  a pandemia, a reitora respondeu: “Temos o desafio de administrar quase 4 mil servidores técnicos-administrativos, aproximadamente 3 mil professores e cerca de 30 mil estudantes. Então é grande o desafio de fazermos, na pandemia, tanto atividades administrativas como atividade de graduação e pós-graduação. A graduação não parou, continuou a atividade com os recursos digitais. Na graduação foi bem diferente, porque tínhamos um quantitativo grande de estudantes. Por isso o Consepe (Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão) decidiu, a princípio, fazer um período suplementar e ofertaríamos eventos e lives. Por incrível que pareça, 17 mil estudantes estão participando de alguma dessas atividades remotas. Então, tem sido exitoso esse período suplementar, que vai até 14 de agosto”, afirmou.

Já sobre a previsão para a retomada das atividades de forma presencial ela respondeu: “Os servidores estão trabalhando em sua maioria em home office, em especial os que estão nos grupos de risco. Criei a Comissão de Biosegurança e a equipe está trabalhando para apresentar um projeto para o retorno das atividades presenciais, inclusive para os técnicos-administrativos: sobre revezamento de turnos, o distanciamento, estamos comprando equipamentos para verificar a temperatura corporal, os tapetes sanitizantes. O álcool em gel 70% e o líquido já estão sendo produzidos pela universidade. Então, estão sendo planejadas uma série de medidas para mitigar os riscos desse retorno. Suponho que aula presencial só ocorrerá o ano que vem, mas é o Consepe quem vai decidir”, comentou a reitora que foi a primeira mulher a ocupar a cadeira em 2012, ao longo de 65 anos de existência da instituição.

 

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      24
      Compartilhe