Foto: divulgação

Caso o procedimento não seja realizado, o estudante pode perder o contrato

Contratou o Fundo de Financiamento Estudantil ( Fies ) a partir de janeiro de 2018 e está com os pagamentos em dia? Agora, o próximo passo é realizar o aditamento do contrato. Essa etapa serve para adicionar informações novas ou corrigir as já existentes e deve ser feita semestralmente para garantir a permanência do benefício.

O aditamento é um procedimento obrigatório e deve ser realizado todos os semestres pelos estudantes que têm o benefício oferecido pelo governo federal. Quem não fizer o procedimento pode perder o financiamento. A medida, no entanto, não se estende para aqueles que possuem contratos firmados com os bancos privados, o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

Existem dois tipos de aditamento, o simplificado e o não simplificado. O primeiro é realizado quando não precisa fazer nenhuma alteração no contrato e pode ser feito pela internet. Já o segundo ocorre quando há a necessidade de alguma alteração no contrato e é preciso comparecer a uma agência da Caixa.

 

Agência Educa Mais Brasil

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Concurso da UFCG reúne mais de 26 mil candidatos neste domingo. Veja os locais de prova

Mais de 26 mil candidatos fazem a prova escrita objetiva do concurso público para servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), neste domingo (15). Ao todo, foram oferecidas…