A Paraíba o tempo todo  |

Vené diz que Brasil vai perder patrimônio nacional com privatização da Eletrobrás

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Vice presidente do Senado Federal, o Senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) votou contra a Medida Provisória que estabelece a privatização da Eletrobras, a holding gigante do setor elétrico brasileiro. A MP foi aprovada  por 42 votos a favor e 37 contra.

Em em vídeo gravado após o encerramento da votação, o senador Veneziano disse que o principal argumento do governo para aprovar a MP foi a alegação de que a Eletrobras não teria condições de realizar novos investimentos. Ele lamentou a proposta de venda da empresa, e disse que o Brasil vai perder um patrimônio nacional de valor inestimável.

“Nós lutamos pelo bom combate. Hoje eu falo a todos vocês com a tristeza de que quem vê um patrimônio inestimável, importantíssimo, estratégico, como a nossa Eletrobrás sendo privatizada. Um processo de privatização a partir da aprovação do Senado da MP por parte de 42 senadores. Eu quero aqui dizer do meu contentamento de ter compartilhado com outros 37 senadores, entre eles, a senadora Nilda Gondim, desta luta, em defesa votando contra  a privatização da Eletrobrás” disse.

Veneziano disse que ele e a senadora Nilda Gondim, cumpriram a sua obrigação de senadores e a missão de defender o patrimônio nacional de valor inestimável e também da Paraíba, visto que as consequências da venda da estatal, serão sentidas por todos os estados brasileiros.
“Mas enfim. Cabeça erguida e a consciência do dever rigorosamente cumprido, que foi o de defender a nossa querida Eletrobrás ” disse.

SL

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe