Por pbagora.com.br

 A cidade de Areia, localizada no Brejo paraibano, é um dos cinco municípios do país a fazer parte do estudo sobre o Turismo de Experiência no Brasil. Semana passada, a consultora Marcela Saad visitou oito empreendimentos da cidade e conferiu de perto o desenvolvimento turístico da região, através de atividades da economia criativa e de experiência. A pesquisa está sendo desenvolvida pelo Sebrae Nacional, em parceria com a MS Nascimento Consultoria, nas cidades de Areia (PB), Bonito (MS), Belém (PA), Ponta Grossa ( PR) e Barra do Piraí (RJ).

De acordo com a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim, os empresários de Areia se destacam pela inovação e criatividade e estas características têm auxiliado no crescimento dos empreendimentos. “Foi bastante gratificante a escolha de Areia para fazer parte do estudo. Isso demonstra o quanto os empreendedores da cidade estão se tornando referência e adequados ao modelo do turismo de experiência”, disse Regina.

A consultora Marcela Saad explicou que o objetivo do estudo é entender a situação atual do turismo de experiência no Brasil, o perfil dos empresários e dos negócios que atuam neste mercado e os resultados que estão sendo obtidos. “A pesquisa será finaliza em novembro. Entrevistamos alguns especialistas que atuam no Turismo e Economia Criativa e serão entrevistados 60 empresários do setor, além de integrantes da governança dos municípios como associações, secretarias de cultura e turismo”, explicou.

Marcela disse que foi possível identificar muitos pontos fortes nos empreendimentos durante a visita em Areia. “Percebemos muitos aspectos positivos, mas o que está dando sustentabilidade ao processo é a rede de empresários estar fortalecida. Estão trabalhando muito bem cooperadamente, compreenderam perfeitamente a importância e os benefícios da união, do trabalho conjunto”, destacou a consultora. Sobre os entraves, ela ressaltou a dificuldade que alguns empresários têm em comercializar seus produtos.

De acordo com Marcela, os empresários de Areia entendem a importância de inovar e buscar alternativas que atendam as necessidades do cliente para manter o negócio rentável. “Pude perceber em Areia os resultados efetivos do trabalho cooperado e da agregação de valor a oferta principal do negócio. Vejo que a possibilidade de continuidade do processo de inovação é enorme devido ao perfil dos empresários atuando neste mercado. Todos tinham um sonho, acreditaram nele, arriscaram para ter seu próprio negócio, são criativos e incansáveis, além de muito humanos tanto com o cliente como com os colaboradores”, disse.

Em Areia, participaram da pesquisa os seguintes empreendimentos: Sitio Casa do Doce, Engenho Triunfo, Colégio Santa Rita (Violinos ao Por do Sol), Rotta Turismo e Confraria da Cachaça, Garagem da Arte (Oficina de pintura de bonecas de Chã da Pia), Pousada Boutique Vila Real, Restaurante Rural Vó Maria (Comunidade de Chã da Pia) e Grupo Moenda.

Critérios – A consultora explicou que a escolha dos cinco municípios foi com base em quatro critérios: um em cada Macrorregião; ter representatividade cultural, contextualização histórica, lendas, identidade e inspiração étnica diferenciadas; municípios que apresentem negócios atuando no mercado do Turismo de Experiência; e municípios que estejam conectando sua imagem a oferta de experiências, bem como já comercializam.

Festival dos Sons e Sabores do Brejo – Entre os dias 18 de outubro e 15 de dezembro, oito cidades do Brejo paraibano – Bananeiras, Areia, Alagoa Grande, Guarabira, Serraria, Solânea, Remigio e Pilões – irão participar do Festival dos Sons e Sabores do Brejo. O evento, focado no turismo de experiência, vai unir a gastronomia e a música da região, levando o turista a experimentar sensações e vivências significativas em cada cidade. As atividades serão realizadas sempre aos finais de semana. Em breve, a programação completa será divulgada.

 

Ascom