Por pbagora.com.br

Está programada para as 11h desta sexta-feira (2) a retomada das negociações entre bancários e a Fenaban, entidade que representa os bancos.

 

De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-Cut), a categoria espera que o sindicato que representa os bancos apresente nova proposta salarial.

 

Na véspera, após quase um dia todo de reuniões, as negociações entre bancários e bancos terminaram sem acordo e a greve da categoria continua por tempo indeterminado.

 

Segundo a confederação nacional da categoria, a Fenaban, entidade que representa os bancos, não apresentou proposta. A Fenaban diz que não houve acordo.

 

Banco do Brasil

A quarta-feira também foi dia de negociação com o Banco do Brasil. A direção do banco apresentou proposta que prevê a contratação de 3 mil pessoas, a manutenção da regra da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), a criação de um comitê de ética, eleito pelos bancários, para combater o assédio moral na instituição.
 

A categoria reivindica aumento real de salário, maior participação nos lucros, valorização dos pisos salariais, garantia de emprego, mais saúde e melhores condições de trabalho, segundo a confederação.

 

Balanço

Nesta quinta, 6.944 agências bancárias ficaram fechadas e a greve atingiu todos os estados e o Distrito Federal, segundo a confederação.

 

As áreas das agências bancárias que concentram os caixas eletrônicos e outros terminais de autoatendimento estão sendo mantidas abertas, para que os clientes possam usá-las, segundo o sindicato dos bancários em São Paulo.

 

G1

Notícias relacionadas

Caixa libera nessa sexta-feira novo saque do auxílio emergencial

Nascidos em novembro terão acesso ao saque de valores referentes ao primeiro depósito do novo lote do Auxílio Emergencial hoje (14), quando a Caixa Econômica Federal libera também a transferência…