A Paraíba o tempo todo  |

Preço da cesta básica sofre novo aumento em João Pessoa

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Cesta básica em João Pessoa sobe 0,06% em fevereiro, afirma estudo da Seplag

O preço da cesta básica na cidade de João Pessoa aumentou 0,06% no mês de fevereiro, ficando o acumulado no ano em 0,72%. Já o acumulado dos últimos 12 meses apresentou uma redução de -8,79%. No mesmo período do ano anterior, a cesta básica custava R$ 384,02, com uma variação mensal de 3,41% e os acumulados eram de 3,99% no ano e nos últimos doze meses de 8,92%. Os dados são da Secretaria de Estado do Planejamento Orçamento e Gestão – Seplag, por meio da Diplan e sua Gerência Executiva de Desenvolvimento Municipal e Regional.

De acordo com o estudo, esse aumento no preço da cesta básica no mês de fevereiro resultou dos acréscimos de preços médios registrados nos produtos: arroz (4,61%), raízes: inhame, batata-doce e macaxeira (4,56%), leite pasteurizado (2,56%); frutas: banana e laranja (2,30%), pão francês (2,22%), farinha de mandioca (1,41%); carnes (1,13%) e café moído (1,00%). Por outro lado, foram verificadas quedas de preços nos produtos: legumes: abóbora, beterraba, batata-inglesa, cenoura e tomate (8,38%); feijão (4,61%), açúcar (4,21%), óleo de soja (3,86%) e margarina (0,46%).

A ração essencial mínima (cesta básica), definida pelo Decreto-Lei nº. 399, de 30.04.1938, que estabelece 13 produtos alimentares básicos (arroz, feijão, carnes, farinha de mandioca, café, pão, leite, açúcar, margarina, óleo de soja, legumes, frutas e raízes) e suas respectivas quantidades, passou a representar aproximadamente 35,89% do salário mínimo.

O custo total da cesta básica subiu para R$ 342,42 em fevereiro, quando em janeiro era R$ 342,23. Um trabalhador que em fevereiro ganhou um salário mínimo de R$ 954,00  precisou trabalhar o equivalente a 79 horas e 05 minutos para adquirir sua alimentação individual. Uma família composta por quatro pessoas teria que dispor de R$ 1.369,68 para adquirir sua alimentação básica.

GASTO MENSAL E HORAS DE TRABALHO NECESSÁRIAS Á AQUISIÇÃO DA CESTA BÁSICA

                                                                                                                Fevereiro /2018

PRODUTOS

QUANTIDADE

PREÇO  (R$) GASTO         MÉDIO           MENSAL                  

TEMPO

Arroz

3,6 kg

 

2,95

10,62

         2h 27 min.

Feijão

4,5 kg

 

4,97

22,37

         5h 10 min.

Carnes

4,5 kg

 

20,57

92,57

       21h 23 min.

Farinha de Mandioca

3,0 kg

 

5,76

17,28

3h 59 min.

Café Moído

0,3 kg

 

20,24

6,07

1h 24 min.

Pão Francês

60 und

 

0,92

55,20

      12 h 45 min.

Leite Pasteurizado

6,0 l

 

      3,21

19,26

4h 27 min.

Açúcar

3,0 kg

 

2,96

8,88

        2 h 03 min.

Óleo de Soja

0,750 l

 

3,74

2,81

39 min.

Margarina

750 g

 

2,18

6,54

 1h 31 min.

Legumes

12,0 kg

 

3,28

39,36

         9 h 05 min.

Frutas

7,5 dz.

 

4,89

36,68

8 h 28 min.

Raízes

6,0 kg

 

4,13

24,78

         5 h 43 min.

TOTAL

 

 

342,42

79h 05 min.

  Fonte: Gerência Executiva de Desenvolvimento Municipal e Regional – SEPLAG – PB.

 

Secom

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe