O abastecimento de água em Patos e em mais 14 cidades do Sertão passará a funcionar a partir de hoje, através de um sistema de rodízio. A medida foi anunciada ontem, pelo gerente da unidade da Companhia de Água e Esgotos (Cagepa), no Sertão, Maciel Damascena. Segundo ele, dois açudes (Jatobá e Farinha) que ajudavam no abastecimento, secaram e as localidades estão dependendo exclusivamente da distribuição através da adutora de Coremas. As 15 cidades foram divididas em quatro áreas. Os municípios ficarão sem água por um período de 24 horas, a cada quatro dias.

O número de localidades em racionamento passou de 25 em setembro, para 28 em outubro. Outras 12 localidades já entraram em colapso e 15 cidades estão em estado de alerta.

Segundo o gerente, sem poder contar com o abastecimento através dos dois açudes, o sistema de distribuição está perdendo mais de 500 metros cúbicos de água por hora. “Quando contávamos com água desses reservatórios e com a adutora de Coremas, tínhamos por hora 1.580 m³, o suficiente para garantir o abastecimento de forma regular em todas as cidades da região das Espinharas. Agora, com os açudes secos, esse volume diminuiu e em consequência disso, a distribuição foi prejudicada. Em alguns bairros estava faltando água cinco dias. Com esse planejamento, teremos condições de garantir água e reduzir os problemas da população. A cada quatro dias, uma área ficará sem abastecimento por 24 horas”, explicou.

Redação com portalcorreio

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega-Sena pode pagar R$ 200 milhões nesta quinta-feira

O concurso 2.237 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 200 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio acontece nesta quinta-feira (27) no Terminal Rodoviário Tietê, em…

IPTU 2020 de CG está disponível no site da prefeitura municipal

Os contribuintes de Campina Grande já podem adiantar, pela internet, o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2020. O pagamento do imposto é fundamental para o desenvolvimento…