Por pbagora.com.br

O Estado da Paraíba voltou a ser destaque no cenário nacional ao ficar em 3º lugar no Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal entre as 27 unidades da federação no ano de 2020, saindo da 15ª posição avaliada em 2019. A Paraíba teve uma pontuação total de 221, atrás apenas dos Estados de Pernambuco (226) e de Santa Catarina (225). O percentual de acertos da Paraíba ficou em 93,5%, enquanto o Pernambuco e o de Santa Catarina empataram com 94,7%.

“A Paraíba recebeu o terceiro lugar no Brasil, dentro do que chamamos de Ranking de Qualidade da Informação Contábil Fiscal, que é um ranking estabelecido para os estados que apresentam o melhor sistema de gestão. Em nossa frente estão apenas Pernambuco e Santa Catarina. A Paraíba está em terceiro lugar mostrando como se faz gestão pública, é isso que queremos, é isso que estamos levando para o povo da Paraíba. Na semana passada, o estado recebeu o título de primeiro lugar em serviços digitais e hoje recebe mais um título que é o do Ranking de Qualidade da Informação Contábil Fiscal. Vamos celebrar, a Paraíba está no caminho certo”, comemorou o governador João Azevêdo, durante o programa Fala Governador.

O Ranking, uma iniciativa da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) do Governo Federal que reflete a qualidade da informação contábil e fiscal, tem o objetivo de avaliar a consistência da informação publicada pelos Estados/Municípios no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público (Siconfi) e estimular a melhoria da qualidade dessa informação aos diversos usuários e que também disponibiliza para acesso público.

Segundo a STN, a intenção do ranking é fomentar a melhoria da qualidade da informação contábil e fiscal que é utilizada tanto pelo Tesouro Nacional quanto pelos diversos usuários dessa informação. Quanto menos inconsistências nos dados e no cruzamento de dados melhor é qualidade da informação contábil e fiscal. A Paraíba é dos um três melhores do Brasil nesse sentido. 

Paraíba desponta em duas pontuações – A pontuação do Ranking nacional é formada por quatro dimensões: Gestão da Informação; Informações Contábeis; Informações Fiscais; e o quarto é o de Informações Contábeis x Informações Fiscais. Mesmo em terceiro lugar, a Paraíba obteve pontuação superior aos Estados de Pernambuco e de Santa Catarina, que lideraram o ranking, em duas das quatro dimensões. Na dimensão Gestão da Informação, a Paraíba obteve 57.1 de pontuação, enquanto Pernambuco (55.9) e Santa Catarina (53.9), o mesmo aconteceu também na dimensão Informações Contábeis com a Paraíba liderando com 55.7 de pontuação, enquanto Pernambuco (55.9) e Santa Catarina (53.9) tiveram pontuação abaixo. Os dados completos do Ranking podem ser acessados no ranking https://ranking-municipios.tesouro.gov.br/

No Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal de 2020, que analisa os dados de 2019, foram introduzidas várias inovações, como a criação de novas verificações mais complexas, a inclusão da Dimensão I e a introdução do Ranking Municipal. As bases de dados foram extraídas no dia 03/06/2020 e considerou as declarações homologadas até o dia 02/06/2020. Já para os próximos anos, o ranking trará ainda mais inovações, como a inclusão da Matriz de Saldos Contábeis (MSC) no rol de informações avaliadas, o cruzamento dos dados do Siconfi com outras bases de dados, a criação de notas para o desempenho dos entes.

Deixe seu Comentário