Por pbagora.com.br

O movimento grevista dos bancos na Paraíba continua por tempo indeterminado. Na tarde desta segunda-feira (5) foi realizada uma assembléia nacional que não decolou. A expectativa era que fosse apresentada uma contra proposta por parte dos bancários, o que não aconteceu. Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários na Paraíba, Marcos Henriques, os bancários estão abertos ao diálogo e estão cumprindo com o que rege a lei em manter pelo menos 30% dos serviços em funcionamento.

Entre as reivindicações da categoria está um reajuste salarial de 10%. Na primeira negociação, os bancos ofereceram 4,5%, apenas a reposição da inflação dos últimos doze meses, enquanto outras categorias de trabalhadores de setores econômicos menos lucrativos estão conquistando aumento real de salário.

Até o momento o impasse continua, uma vez que os diretores (os banqueiros) não pensam na normalização e sincronização das funções dos atores (os bancários) e nem na qualidade imagética passada para o público (a sociedade).
 

 

Da Redação

Notícias relacionadas

Caixa libera nessa sexta-feira novo saque do auxílio emergencial

Nascidos em novembro terão acesso ao saque de valores referentes ao primeiro depósito do novo lote do Auxílio Emergencial hoje (14), quando a Caixa Econômica Federal libera também a transferência…