Por pbagora.com.br

Em razão da Lei Seca e das alterações no Código de Trânsito, o Brasil passou a ser mais rigoroso em relação a vários outros países no controle de quem bebe antes de dirigir. Por essa razão, muitas pessoas optam pelo consumo de cerveja sem álcool, sendo que houve um aumento da oferta desse tipo de bebida.

 

Pensando nisso, o Inmetro analisou em junho de 2015 várias cervejas sem álcool, no intuito de saber se estão em conformidade com as normas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento-MAPA, que permite que as chamadas cervejas sem álcool ou cerveja desalcoolizada apresentem conteúdo alcoólico de até 0,5% em volume (0,5% vol).

 

Um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS/14), aponta que no Brasil, o consumo total estimado de álcool é equivalente a 8,7 litros por pessoa, o que corresponde a mais de 30% da média mundial. Estima-se que homens consumam 13,6 litros por ano, e as mulheres, 4,2 litros por ano. Entretanto, quando são considerados apenas os indivíduos que consomem álcool, esta média sobe para 15,1 litros de álcool por pessoa.

 

Os resultados encontrados na análise de cerveja sem álcool demonstraram que a tendência do setor é a de estar em conformidade com o regulamento do MAPA, já que todas as amostras das 10 marcas analisadas apresentaram conteúdo alcoólico de até 0,5% em volume (0,5% vol).

 

O resultado encontrado no teste do etilômetro, o popular bafômetro, realizado em consumidores após beberem 700 ml de cerveja sem álcool (teor alcoólico entre 0,0% e 0,4%), não acusaram nenhuma quantidade de álcool.

 

O teste foi realizado com homens e mulheres com perfis variados em relação ao consumo de álcool e o resultado após 15 e 30 minutos de ingestão de cerveja desalcoolizada não variou, permanecendo 0,0 mg/l em todos os sopros.

O Inmetro concluiu que a cerveja com até 0,5% de teor alcóolico pode ser anunciada como “sem álcool” e que a ingestão moderada deste tipo de cerveja não provoca impacto diante do teste do bafômetro.

 

Terra com Squimb Conteúdo

Notícias relacionadas

Caixa libera saque do Auxílio Emegêncial; confira a relação dos beneficiados

Quem nasceu em abril poderá sacar a partir desta quarta-feira (5) o valor referente a novas parcelas do Auxílio Emergencial. Também será possível realizar transferências. A liberação ocorre para quem…