Mais de 700 mãos de milho devem ser comercializadas na segunda edição do Festival do Milho da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf). O evento teve início nesta quinta-feira (22) e vai até o próximo sábado (24), reunindo música, comidas típicas, quadrilhas juninas e poetas locais.

O Festival tem como principal objetivo ampliar a comercialização da Agricultura Familiar e movimentar o espaço onde semanalmente os agricultores familiares comercializam os seus produtos. A animação da abertura do evento ficou por conta dos músicos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), do grupo de xaxado da terceira idade, ‘Reaprendendo a Viver’, e das apresentações culturais dos alunos da Rede Municipal de Ensino.

A mão do milho está custando R$25,00 e a procura é intensa. Marisa Ferreira é consumidora assídua da Cecaf e veio do bairro de Mangabeira IV para garantir o milho do São João. “Ano passado eu vim e esse ano me organizei para estar novamente, porque o preço é ótimo e a qualidade do produto excelente”, disse.

Ednaldo de Melo é agricultor, do município do Conde, às 3h da manhã chegou com mercadoria na Cecaf. Começou a vender por volta das 5h da manhã e se impressionou com a quantidade de consumidores que vieram a procura do Festival. “Desde as 5h da manhã que não para de chegar gente procurando milho. A gente se prepara o ano todo para essa época e é ótimo ver o resultado do nosso esforço”, afirma.

No ano passado foram comercializadas 700 mãos de milho durante o Festival. A expectativa da organização do evento é que essa meta seja superada na segunda edição. “A procura pelo Festival foi grande, o próprio consumidor fez questão que o Festival acontecesse, por isso desde cedo a movimentação tem sido tão intensa. Tudo está caminhando pra que a gente supere a marca de vendas do primeiro ano”, ressaltou Rogeany Gonçalves, coordenadora da Central.

Cultura e Educação – Este ano o evento contou com uma ajuda especial da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), onde alunos da Rede Municipal de Ensino estão declamando cordéis produzidos em sala de aula. Como premiação ao trabalho, as crianças recebem cédulas com imagens de grandes nomes da música nordestina e podem trocá-las em produtos comercializados no Festival do Milho da Cecaf.

Funcionamento – A Cecaf vai abrir nesta sexta-feira (23) por causa do Festival, porém sem a feira da agricultura familiar, só com a venda de milho. Já no sábado (24), o Festival segue com a feira de orgânicos e a venda dos produtos de milho, com a apresentação da quadrilha junina do município de Jacaraú, Revelação Matutina, trio pé-de-serra e poetas locais.

Lembrando que a Cecaf funciona semanalmente, as quintas e aos sábados, com a feira da agricultura familiar, que reúne produtores de 28 municípios do Estado.

A Cecaf – A Central é administrada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e está localizada na Avenida Hilton Souto Maior – 1.112, no bairro José Américo. A população pode encontrar produtos como raízes, hortaliças, frutas e legumes a preços mais acessíveis, nas quintas e sábado das 5h às 12h.

Na Cecaf, também é possível encontrar produtos orgânicos e agroecológicos. Além disso, o espaço comercializa também peixes e frutos do mar variados e ainda conta com lanchonetes especializadas em comidas regionais.

 

Foto RafaelPassos-Secom/JP

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas, e prêmio vai a R$ 45 mi

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.266 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (30). O prêmio acumulou. Veja as dezenas sorteadas: 10 – 23 – 31 – 37 – 58 –…