Os trabalhadores sem conta na Caixa nascidos nos meses de junho e julho já podem sacar os R$ 500 por conta ativa e inativa do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) a partir desta sexta-feira (22).

É possível consultar o valor disponível para saque no site da Caixa, informando o número do NIS/ PIS/ Pasep ou CPF, data de nascimento e senha online.

Devido à antecipação de calendário proposta pelo governo federal, todos os trabalhadores receberão os valores do FGTS até o dia 18 de dezembro deste ano e têm até o dia 31 de março de 2020 para resgatar os recursos.

Os clientes da Caixa já receberam o saldo do FGTS automaticamente.

Como sacar o FGTS

• Lotéricas

Até R$ 100: documento de identificação válido + número do CPF.

Até R$ 500: documento de identificação válido + número do CPF + senha do cidadão

• Autoatendimento

Até R$ 500: número do CPF + senha do cidadão.

• Agência

Até R$ 500: documento de identificação válido.

• Correspondentes

Até R$ 500: número do CPF + cartão cidadão + senha do cartão.

O Congresso Nacional aprovou o aumento do saque de R$ 500 para R$ 998. No entanto, para entrar em vigor, o texto precisa ser assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. Caso aprovado, os trabalhadores que já realizaram o saque do FGTS poderão sacar a diferença em um novo calendário.

Redação com R-7

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cotação do barril de petróleo Brent registra a menor cotação desde 2002

Os preços do petróleo iniciaram a semana em forte queda e o barril de Brent registrou a menor cotação desde 2002, uma consequência do impacto da pandemia do novo coronavírus…

A geopolítica do coronavírus: especialistas paraibanos analisam os efeitos da crise

A declaração de pandemia feita nesta semana pela Organização Mundial da Saúde oficializa a entrada na terceira grande crise do pós-Guerra Fria, depois do 11 de Setembro e do colapso…