Por pbagora.com.br

A energia elétrica é, provavelmente, um dos recursos mais valiosos no mundo atual.

É difícil pensar em qualquer tipo de negócio que consiga sobreviver sem eletricidade, já que é necessária para tudo – desde iluminar o ambiente e ligar computadores até fazer com que maquinários de peso funcionem.

A energia é tão essencial que empresas de diversos nichos optam por alugar geradores de energia a fim de suprir a demanda energética, independente do cenário. 

Isso é extremamente importante, visto que a dependência é tanta que apenas alguns minutos sem energia podem causar um prejuízo considerável. 

Portanto, é mais barato e vantajoso investir em geradores de energia, que podem entrar em ação diante qualquer emergência, do que arcar com os prejuízos que a falta pode causar. 

Diante da relevância do equipamento, o conteúdo abordará um pouco mais sobre as vantagens de se contar com geradores e quais são os tipos disponíveis no mercado.

Vantagens de contar com um gerador de energia

Diversos são os benefícios da utilização de um grupo gerador. Estes equipamentos são fonte alternativa de energia para situações emergenciais (back-up) mitigando potenciais prejuízos. Além disso, é possível também haver economia em situações específicas (horário de ponta).

Energia contínua

A possibilidade de ter energia contínua, mesmo em casos de quedas do oferecimento pela concessionária é, de longe, uma das maiores vantagens de um gerador. E há algumas empresas em que esta vantagem se torna ainda mais clara.

É o caso de supermercados. Qualquer rede, independente do tamanho, necessita de refrigeradores para o ambiente e o estoque de alimentos, iluminação e computadores e caixas em funcionamento, para que as compras sejam registradas.

Um cenário de queda de energia implica, portanto, na pausa por tempo indefinido da circulação e consumo de clientes e, ainda, na perda de parte considerável do estoque – que não terá a temperatura de armazenamento adequada. 

Porém, o mesmo pode ser observado em diversas empresas, negócios e indústrias, que também necessitam do gerador para manter sua rotina de produção.

Economia em tarifas

Além de evitar prejuízos, o uso de geradores de energia também pode significar economia.

Pela grande necessidade e alta demanda, é comum que a eletricidade represente alguns dos maiores gastos de uma empresa. 

As empresas enquadradas na tarifação horo-sazonal azul A4 ou A3A podem substituir a energia da concessionária por energia alternativa no horário de pico – entre 17h e 22h.

Neste período, em que há mais demanda de energia varia de região para região, o preço pode ser 10 vezes mais caro do que em outros momentos do dia.

Maior preparo para paradas programadas 

Nem todas as interrupções de eletricidade são por falhas da concessionária. Existem diversos motivos, como obras e manutenções, que justificam paradas programadas na energia.

Ou seja, em cenário de troca ou conserto de maquinário, o gerador auxilia evitando imprevistos e mantendo a energia estável.

O equipamento também é útil em outros momentos específicos, como quando está sendo feita uma expansão da extensão da empresa ou quando há uma parada por medidas de segurança.

É importante lembrar que, apesar de todos os geradores de energia possuírem essas vantagens, não são iguais. Existem opções para diversos contextos e demandas energéticas. 

Após entender as vantagens de se ter um gerador e de como é necessário para vários nichos empresariais, é preciso analisar qual tipo disponível no mercado melhor se enquadra com cada empresa. 

A partir daí, o equipamento escolhido atenderá melhor as necessidades do negócio, garantindo qualidade energética para todos os setores da companhia.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Caixa paga novo lote do FGTS; 5 milhões de pessoas receberão

A Caixa inicia hoje (3), o pagamento do Saque Emergencial do FGTS, de acordo com a Medida Provisória 946/20, para aproximadamente cinco milhões de trabalhadores nascidos no mês de junho.…

Aeroporto de Campina Grande volta a receber voos diários para Recife

Após mais de quatro meses, o aeroporto Presidente João Suassuna em Campina Grande volta a ter voos diários para Recife a partir de segunda-feira (3). As viagens tinham sido suspensas…