Por pbagora.com.br

Com a queda do dólar, fator que barateia as passagens e viagens ao exterior, os gastos de turistas brasileiros fora do país voltaram a subir, revelam informações divulgadas nesta segunda-feira (27) o Banco Central.

De acordo com a instituição, as despesas de turistas brasileiros no exterior totalizaram US$ 987 milhões em junho deste ano, o maior valor desde setembro de 2008, quando somaram US$ 1,12 bilhão. Deste modo, as despesas retornaram ao patamar pré-crise.

 

A crise financeira se agravou em meados de setembro de 2008, com o anúncio de concordata do banco norte-americano Lehman Brothers. Para Altamir Lopes, do BC, a tendência é de continuidade dos gastos de turistas brasileiros no exterior no restante deste ano.

Despesas de estrangeiros

Ao mesmo tempo, as despesas de turistas estrangeiros no Brasil continuam menores do que o patamar regsitrado antes da piora da crise financeira. Em junho, os gastos de estrangeiros somaram US$ 403 milhões, com pequeno aumento sobre maio (US$ 353 milhões). Antes do agravamento da crise, as despesas de estrangeiros estavam mais próximas dos US$ 500 milhões.

 

 

 

G1

Notícias relacionadas

Mais de um milhão de paraibanos estão endividados

Iniciar o ano com o nome sujo não é bom para ninguém, principalmente diante desse cenário de pandemia e fechamento de comércio. Por isso, é sempre bom estar com o…

Parcela começa a ser paga a beneficiários do Bolsa Família

Os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família começam a receber, nesta sexta-feira (16), a primeira parcela do Auxílio Emergencial 2021. Os primeiros a receber, já nesta sexta, são os…