Por pbagora.com.br

A operação que investiga um susposto esquema de fraudes fiscais de R$ 19 bilhões na Receita Federal pode “apequenar” o escândalo de corrupção na Petrobras investigado pela operação Lava Jato, afirma uma matéria publicada na última edição da revista britânica ‘The Economist’. Leia aqui.

De acordo com a publicação, crimes de evasão fiscal no Brasil já são “um esporte nacional”, fazendo menção à Operação Zelotes, deflagrada na semana passada para desarticular organizações criminosas que manipulavam julgamentos a fim de obter vantagens financeiras e evitar multas.

Algumas das maiores empresas do país – entre elas bancos, montadoras e empreiteiras – estariam envolvidas no esquema, segundo reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo”.

A ‘Economist’ destacou que o valor supostamente desviado no esquema, de R$ 19 bilhões, seria suficiente para cobrir 75% de toda a conta com a Copa do Mundo de 2014. “Esse valor é aproximadamente o dobro dos supostos desvios do esquema de corrupção envolvendo a Petrobras”, disse a revista.
Ainda segundo a publicação, ao contrário do “petrolão” (como passou a ser chamado o escândalo que investiga as irregularidades), “o escândalo fiscal não envolve altos políticos”.

 

 

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.