A Paraíba o tempo todo  |

Economia: Parada gay e Rio+20 contribuem para o fortalecimento da indústria do turismo

O crescimento da economia brasileira tem chamado atenção do mercado mundial ao ponto do país se tornar um grande palco para tratar de assuntos sociais com grande notoriedade. A visibilidade conquistada pela nação deu voz a um país que garante estabelecer novos rumos e apontar holofotes que podem aquecer ainda mais a indústria do turismo.

A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo – conhecida como o maior evento gay mundial de cunho social -, teve a 16ª edição no último dia 10. Estima-se que a manifestação reuniu 3,5 milhões de pessoas e, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo, ocasionou 100% de ocupação dos quartos de categoria econômica durante ofim de semana nos hotéis da região da Avenida Paulista, onde ocorre a manifestação. A associação aponta a curta duração do evento como causa da procura por hotéis de 1 a 2 estrelas.

Outro evento que contribui com indústria do turismo do país é o Rio + 20. A redução de até 60% no valor de tarifas e a abolição da hospedagem mínima ocasionou o aumento de até 16% na demanda por viagens aéreas e hotéis no Rio de Janeiro. Tais medidas foram anunciadas pelo governo e, segundo a ABIHT – RJ são grandes fatores que impulsionaram na ocupação total de 82,59% dos hotéis de toda a cidade.

A emergente autonomia do Brasil, seja nas questões sociais, bem como no âmbito econômico, trouxe às companhias aéreas a oportunidade de desenvolvimento de novos mercados. A empresa aérea portuguesa TAP afirmou recentemente que terá o Brasil como principal destino, superando seu próprio país de origem na oferta de passagens aereas.

 

Além da TAP, outras companhias conquistam maior participação no mercado brasileiro, como a companhia aérea brasileira Webjet, que atende a 1200 voos semanais e já transportou mais de 15 milhões de passageiros em menos de três anos. Indo contra a maré das companhias aéreas de baixo custo, outra empresa que se destaca é a colombiana Avianca que aumentou expressivamente a venda de passagens aereas no Brasil visando atingir os mercados A e B.
 

 

Redação com Assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe