Por pbagora.com.br

Apesar de ser comemorado oficialmente em 30 de outubro, o Dia do Comerciário em algumas cidades da Paraíba foi alterado no ano passado para a terceira segunda-feira de setembro e será comemorado na próxima segunda-feira, 21. Com o feriado, os comércios das cidades de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Cajazeiras e região, cidades que fazem parte do Acordo Coletivo de Trabalho irão fechar. Nos shoppings, apenas as praças de alimentação e cinemas estarão autorizados a funcionar.

As farmácias poderão funcionar normalmente em todas as cidades. José do Nascimento Coelho, presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Campina Grande e região, destacou que “todo o comércio da cidade estará fechado na próxima segunda-feira, com exceção das farmácias que devem funcionar normalmente, tendo em vista o Sindifarma não ter fechado acordo até o momento para garantir os direitos trabalhistas de seus funcionários.”

Outro motivo que justifica o funcionamento das farmácias no feriado do Dia do Comerciário, ou Dia do Comércio, é o caráter de essencialidade que a categoria possui, não podendo assim ter o seu funcionamento interrompido. Com o feriado do Dia do Comércio as lojas das cidades de Alhandra, Baía da Traição, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Caldas Brandão, Capim, Campina Grande, Cajazeiras, Conde, Cruz do Espírito Santo, Cuité de Mamanguape, Gurinhém, Guarabira, Itabaiana, Jacaraú, João Pessoa, Juripiranga, Lucena, Mamanguape, Marcação, Mogeiro, Pedras de Fogo, Pilar, Pitimbu, Rio Tinto, Salgado de São Félix, São Miguel de Taipu e Sobrado estarão fechadas.

O presidente do Sindicato dos Comerciários da Grande João Pessoa Rogério Braz, destaca que a data é também um momento de reflexão “Nós temos que comemorar nossas vidas e a saúde, mas também lamentar as perdas da classe trabalhadora. Lamentar também a retirada de direitos feita pelo Congresso Nacional e governo Bolsonaro através de várias medidas provisórias e decretos retirando da classe trabalhadora direitos. Milhões de vidas também foram perdidas durante essa pandemia por todo o Brasil, então é um dia de reflexão para nós sobre tudo, sobre o mundo do trabalho.”

Redação

Deixe seu Comentário