Por pbagora.com.br

A taxa de desemprego nos Estados Unidos interrompeu uma sequência de nove meses consecutivos de alta e registrou leve queda em julho na comparação com o mês anterior, segundo dados divulgados pelo Departamento do Trabalho nesta sexta-feira (7). No mês passado, a taxa de desemprego ficou em 9,4%, levemente abaixo dos 9,5% registrados em junho.

 

Foi a primeira vez que o desemprego registrou queda desde abril do ano passado, quando a taxa ficou em 5,0%, abaixo dos 5,1% do mês anterior.

Os dados do Departamento do Trabalho mostram, no entanto, que em julho voltaram a ser fechados postos de trabalho: foram 247 mil cortes, abaixo dos 467 mil do mês anterior. Mas houve queda na taxa do desemprego porque menos pessoas estão procurando trabalho: em julho, havia 2,3 milhões de pessoas interessadas em conseguir emprego, mas que não haviam procurado um nas últimas quatro semanas, o que os retira das estatísticas de desemprego.

No mês passado, o número total de desempregados foi estimado em 14,5 milhões de pessoas. Desde dezembro de 2007, 6,7 milhões de pessoas foram somadas a essa estatística. Também no mês passado, o número de pessoas desempregadas há 27 semanas ou mais cresceu em 584 mil, para US$ 5 milhões.

Setores

O setor de construção voltou a cortar vagas em julho. O número de postos de trabalho foi reduzido em 76 mil. No setor de manufatura, foram 52 mil cortes. Já na indústria automobilística o número de postos de trabalho cresceu em 28 mil. No varejo, o corte foi de 44 mil vagas.

 

 

 

G1

Notícias relacionadas

Prazo para contestar Auxílio Emergencial negado termina nesta quinta-feira

Termina hoje (22) o prazo para o trabalhador que teve o Auxílio Emergencial 2021 negado contestar a decisão. Os pedidos devem ser feitos no Portal de Consultas da Dataprev. A…

Mega-Sena pode pagar R$ 2,5 milhões nesta quinta-feira

O concurso 2.364 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 2,5 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h desta quinta-feira (22) no Espaço Loterias…