Por pbagora.com.br

 Aconteceu durante toda essa quinta-feira, 19 de setembro, na Associação
Comercial e Industrial de Patos – ACIAP, das 08h00 às 17h00, um processo
avaliativo das ações realizadas pelo projeto “Compartilhando Ideias:
Socialização das formações com organizações da sociedade civil do Sertão
Paraibano”. Participaram do evento, mais de 30 organizações da Sociedade
Civil dos municípios de Cacimbas, Junco do Seridó, Patos, e Pombal onde
foram apresentados resultados alcançados durante 3 anos de trabalho junto
às associações. Na ocasião, ainda foi lançada uma cartilha contendo uma
sistematização de todo o processo.

O projeto “Compartilhando Ideias…” é coordenado conjuntamente pela ESSOR,
Amazona, Ação Social Diocesana de Patos – ASDP e Centro de Educação
Intergral “Margarida Pereira da Silva” – CEMAR, através da “Rede Ser Tão
Paraibano”, que visa identificar e implementar estratégias que contribuam
para o controle social das políticas públicas que apontem para a geração de
trabalho e renda como mecanismo de inclusão social das populações e grupos
socialmente vulneráveis.

Segundo Frédéric Barbotin, Presidente da ESSOR no Brasil, o momento foi de
uma avaliação do projeto. “Fizemos uma avaliação do trabalho de capacitação
e acompanhamento das associações comunitárias, no sentido de fomentar
formas de geração de trabalho e renda. Além disso, lançamos a cartilha
contendo as informações principais do processo formativo junto às
associações”, explica.

O presidente da ESSOR também destacou outro benefício do projeto, que foi
a intermediação feita entre às associações comunitárias e as políticas
públicas existentes. “Em Patos, temos uma parceria muito boa com a
Prefeitura, desde a gestão anterior, quando foi possível fortalecer a
comissão do trabalho e emprego, formada pelo setor público, trabalhadores e
setor privado”, conta.

 

Para Claudeci Martins, representante da Associação das Mulheres
Agricultoras do Sertão, oriunda da comunidade rural Boi do Brito, o Projeto
*Compartilhando Idéias, *fez com que a associação desse uma guinada, tanto
a nível estrutural como a nível de esclarecimento no tocante ao acesso às
políticas públicas. “Depois do contato com o projeto, tivemos várias
capacitações e hoje estamos com o intuito de implantarmos um granja. Então,
essa aproximação só trouxe benefícios para a associação”, garante.

 

O projeto “Compartilhando Ideias: Socialização das formações com
organizações da sociedade civil do Sertão Paraibano” ainda conta com o
apoio financeiro do Comitê Francês de Solidariedade Internacional – CFSI,
da União Européia e da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

 

Ascom