Por pbagora.com.br

O Citigroup surpreendeu analistas ao divulgar nesta sexta-feira que teve um lucro líquido de US$ 1,6 bilhão no primeiro trimestre de 2009.

No mesmo período do ano passado, houve prejuízo de US$ 5,19 bilhões; em todo o ano de 2008, as perdas somaram US$ 18,72 bilhões.

O resultado de janeiro a março deste ano é o melhor desde o segundo trimestre de 2007. A receita do grupo financeiro somou US$ 24,8 bilhões. 
 

Apesar de o banco ter registrado lucro líquido, cada acionista terá um prejuízo de US$ 0,18 por ação para os acionistas ordinários, somando US$ 966 milhões, um resultado melhor que o US$ 1,03 por ação um ano antes.

O motivo foi uma operação feita pelo banco em janeiro, redefinindo o preço de conversão de US$ 12,5 bilhões de ações preferenciais que haviam sido emitidas em uma oferta privada em janeiro do ano passado, afirmou o Citigroup em comunicado.

Mesmo assim, a notícia surpreendeu positivamente o mercado. Analistas, em média, esperavam perda de US$ 0,30 por ação e receita de US$ 21,73 bilhões, segundo a Reuters Estimates.

O Citigroup foi ajudado pelo governo norte-americano três vezes desde outubro, recebendo US$ 45 bilhões em recursos do Troubled Asset Relief Program e acertando acordo com o governo para compartilhar perdas geradas por US$ 300,8 bilhões em ativos problemáticos.

UOL

Deixe seu Comentário