Por pbagora.com.br

A China está elaborando novas medidas econômicas para estimular o consumo, informa a imprensa estatal, que se uniriam ao plano de bilhões de dólares para investimentos.

 

A iniciativa acontece no momento em que o governo tenta aumentar os gastos pessoais no país de maior população do planeta, em consequência da queda das exportações, provocada pela crise financeira mundial.

 

A China continuará estimulando o crescimento econômico com gastos fiscais, afirma o China Securities Journal, que cita Gao Huiqing, do Departamento de Previsões Econômicas do Centro de Informação Estatal. "O plano estará centrado no consumo", afirmou Gao.

 

Pequim deseja que os quase 1,3 bilhão de habitantes consumam mais, enquanto a economia do país, baseada fundamentalmente nas exportações, sofre com a redução da demanda em mercados vitais como Estados Unidos e Europa, afetados pela recessão.

 

G1

Deixe seu Comentário