A Paraíba o tempo todo  |

Briga na Justiça pode fechar lojas de O Boticário em JP

 Uma disputa judicial entre O Boticário e o franqueado em João Pessoa está provocando fechamento de lojas, falta de produtos nas prateleiras, atraso de salários e demissão de funcionários. Sete lojas já foram fechadas e a unidade de vendas diretas foi desativada.

 

E não deve parar por aí, porque os estoques de produtos não estão sendo repostos na maioria das lojas. De acordo com o que a reportagem apurou junto a ex-funcionários – que pediram sigilo nos nomes, porque estão com ações na Justiça do Trabalho -, o litígio ocorreu quando o dono da franquia, Douglas Nunes, teria procurado a direção nacional do Grupo para negociar a devolução da franquia, pois não estaria mais interessado em ser revendedor dos produtos.

 

As negociações teriam sido iniciadas, mas esbarraram nos valores de devolução e outras exigências do empresário. Como não houve acordo, o Grupo deixou de fornecer produtos. Douglas Nunes então entrou na Justiça para conseguir comprar mercadorias, o que acabou acontecendo, mas por meio de uma liminar e com pagamento à vista. A partir de então, as lojas começaram a não ter uma série de linhas de produtos, pois os estoques começaram a não serem repostos.

 

O empresário deu início ao fechamento de lojas e demitir funcionários. Mais de 50 pessoas já teriam sido desligadas da franquia, muitas delas sem ter recebido qualquer tipo de indenização. A franquia tem ainda cerca de 100 funcionários, mas o clima, é de desespero. O salário de dezembro, o 13º e até as férias estão atrasadas; o vale-refeição foi cortado; e o vale-transporte só foi normalizado na última segunda-feira. Muitos ex e funcionários já ingressaram com ações na Justiça.

 

A reportagem tentou contato com o empresário nos últimos dois dias, mas sem sucesso.

 

Lojas abertas

▶ Tambiá Shopping ▶ Extra BR
▶ MagShopping
▶ Shopping Sul
▶ Mangageira II
▶ Duque da Caixas
▶ Carrefour BR
▶ Carrefour Bancários
▶ Cabedelo
▶ Shopping Tambiá (quiosque) Lojas fechadas
▶ Mangabeira I
▶ Getúlio Vargas
▶ Cruz das Armas
▶ Geise
▶ Híper (quiosque)
▶ Sebrae (quiosque)
▶ Venda direta

Posicionamento oficial

Por meio da assessoria de imprensa, o Grupo O Boticário, que tem mais de 900 franqueados espalhados pelo país, se pronunciou acerca dos casos das lojas de João Pessoa e Cabedelo. Em nota oficial, afirmou tratar-se de uma “situação pontual que está sob análise do Poder Judiciário. Em respeito aos termos do contrato, à rede de franqueados e ao Judiciário, o Grupo Boticário não comenta casos que estejam em discussão na Justiça”.

 

Turismo em Foco

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe