Por pbagora.com.br

Em sua quarta passagem pelo Brasil, o Video Games Live se apresenta nesta e na próxima semana em Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo, depois de passar nesta quarta-feira (3) por Belo Horizonte (veja a programacao no final da reportagem). A regência da Orquestra Sinfônica Villa-Lobos, composta por 43 músicos, está a cargo do maestro italiano Emmanuel Fratianni, que se apresenta pela primeira vez no país.

O concerto foi criado nos Estados Unidos em 2005 pelo maestro Jack Wall e pelo compositor Tommy Tallarico, músicos que compuseram temas de jogos como “Earthworm Jim” e “Myst”. O show é um dos principais eventos de “game music” do mundo, e em 2009 já passou por Los Angeles, Taiwan, Seattle e Tóquio, atraindo cerca de 300 mil pessoas, segundo a organização.

 

Com trilha sonora que mescla jogos clássicos como “Super Mario Bros” e mais atuais como “Final Fantasy”, o VGL traz cerca de 30% de novas músicas ao público brasileiro. “‘Silent hill’ e ‘Metal gear solid 3’ são algumas delas”, revelou Fratianni, em entrevista ao G1 (confira a entrevista completa).

 

Além disso, a turnê brasileira traz outras novidades. “Pela primeira vez, o saxofonista e compositor do clássico game ‘Metal gear solid’, Norihiko Hibino, participa do VGL”, conta Sergio Murilo Carvalho, produtor geral do evento. “Outra participação especial é da flautista Laura Intravia, jovem música que foi descoberta por Tommy através de um vídeo no You Tube”.

 

Durante a turnê do VGL acontece um concurso de Cosplay, em que o público escolhe a mais perfeita caracterização de personagem, e o Guitar Hero, no qual o melhor guitarrista (selecionado no pré-show) sobe ao palco para tocar com a orquestra. Nesta edição, o participante terá de fazer uma performance ao som do grupo Van Halen, escolhendo músicas como “Jump”, “Eruption” e “Ain´t talking about love”.

 

G1