Por pbagora.com.br

Um grupo de artistas do Malauí apresentará na Escócia um musical sobre as tentativas da pop star Madonna de adotar uma garota malauiana.

No espetáculo Mercy Madonna of Malawi a cantora é representada pelo ator negro Robert Magasa, que usa peruca loira e pintura facial branca.

Descrita como “irreverente, ultrajante, cheia de música”, a peça mistura danças tradicionais do Malauí com pop ocidental para mostrar dois pontos de vista sobre a adoção da menina Mercy James, de 4 anos, que Madonna conheceu em um orfanato malauiano em 2006.

O espetáculo estará em cartaz no teatro St George’s West entre os dias 7 e 31 de agosto, como parte do festival de teatro Fringe, em Edimburgo.

Após uma longa batalha judicial, a Corte de mais alta instância do país concedeu custódia definitiva da menina à pop star.

Clique Leia também na BBC Brasil: Suprema Corte do Malauí deixa Madonna adotar criança

O episódio gerou polêmica tanto em países ocidentais quanto na África. As opiniões se dividiram entre os que criticaram Madonna por usar sua riqueza e influência para conseguir a adoção – alguns acusando-a de “comprar” a criança – e os que consideraram que Mercy James terá uma vida melhor no exterior.

Os produtores dizem que querem contar a história sem tomar partido, mas também apresentar as complexidades do dilema de tirar uma criança de sua cultura, ainda que isso signifique partir para uma vida de privilégios.

“É por causa da pobreza que os malauianos põem suas crianças em orfanatos. Há maneira de cuidar dessas crianças em seus países, sem serem levadas para outras culturas”, disse o autor e diretor da peça, Toby Gough.

‘Dinheiro é tudo’

O espetáculo já virou um sucesso no Malauí. Um dos atores, Shombi Banda, diz que chegou a atuar para a própria Madonna em outra peça, encenada para a pop star em um hotel na capital, Lilongue. Mas a experiência não foi das melhores.

“Fazíamos um belo espetáculo, contando a história de alguém que viveu no exterior por 20 anos e quando voltou passou a reclamar de que a vida lá fora era muito dura, e de como ele tinha perdido sua cultura e sua identidade”, afirmou.

“Então Madonna interrompeu a peça e disse: ‘Você sabe que dinheiro é a resposta para tudo'”.

Segundo o diretor, Banda foi depois demitido da peça por revelar aspectos da vida de Madonna no Malauí.
 

“Ele revelou alguns segredos do período de Madonna no Malauí – coisas simples, como quantos seguranças ela tinha, o fato de que ela o interrompeu durante um espetáculo – e foi demitido, porque o gerente achou que ele era um perigo para o negócio.”

BBC

Notícias relacionadas

Novo decreto em Cabedelo, PB, permite apresentações musicais em bares e restaurantes

Um novo decreto com medidas restritivas contra a Covid-19, em Cabedelo, entra em vigor a partir desta quarta-feira (21), e segue até 2 de maio. O texto, em alinhamento com…

Vicente Nery grava vídeo em hospital: “Que esse vírus nunca passe perto de vocês!”

O cantor cearense Vicente Nery continua internado com Covid-19 em um hospital de Fortaleza. Vicente foi diagnosticado com a doença e  precisou ser internado no dia 14 e após uma…