Por pbagora.com.br

 Fora do Pânico na Band desde abril de 2016, após uma controvérsia por ter se pintado de preto para um quadro da atração, Eduardo Sterblitch avalia: “Hoje, estou na equipe de criação do Amor & Sexo, e isso é mais importante do que minha participação no ar, pois gosto de dar ideias.

 

Saí do programa mais machista da televisão para o mais feminista“. Em VEJA desta semana, o humorista relembra a polêmica com o personagem Africano (“Não sou racista, mas sei onde a piada foi racista. Nunca mais vi e só me permiti falar disso agora. Eu me sinto mal“) e seus planos na Globo (“Tenho projetos a apresentar à emissora. Um deles é uma espécie de Monty Python para crianças”).

 

Foto: Sergio Zalis 

Veja