A Paraíba o tempo todo  |

Abertura do Maior São João do Mundo deve atrair mais de 80 mil pessoas ao Parque do Povo

“É xote, xaxado e baião. É São João em Campina”. A espera acabou. No alto da serra, o fole vai roncar outra vez. Uma das mais tradicionais e maiores festas juninas está de volta. Forrozeiros e turistas de todo o país vivem a expectativa para escutar o toque da sanfona, do triângulo e do zabumba, e caírem no arrasta pé. Quem abre a noite no palco principal do Parque do Povo é Nonato Neto, com show previsto para começas às 20h. Em seguida, se apresenta João Lacerda, com previsão de subir ao palco às 21h20. Segundo a organização, o show de Flávio José deve começar às 22h40 e, em seguida, Xand Avião encerra a noite de abertura com apresentação a partir da 1h20.

Após dois anos, o Parque do Povo volta a receber uma multidão para a abertura de mais uma edição do Maior São João do Mundo. A festa que começa nesta sexta-feira e se prolonga até 10 de julho, por ininterruptos 30 dias, promete manter a tradição, costumes e raízes da região.

Aguardada com muita expectativa, a noite de abertura  do São João de Campina Grande, terá como principal atração, o cantor e sanfoneiro Flávio José. O “caboclo sonhador” terá a responsabilidade de realizar o primeiro de dezenas de shows que serão realizados no Parque do Povo ao longo dos 30 dias de festa.  Mais de 100 artistas devem se apresentar no palco e nas ilhas de forró, produzindo mais de 500h horas de forró.

Um show pirotécnico com 15 minutos de duração, deve colorir os céus campinenses e dá as boas vindas aos forrozeiros. A festa será aberta pelo prefeito Bruno Cunha Lima e tem presença confirmada de vários políticos.

O Maior São João do Mundo deve reunir mais de 2 milhões de pessoas vindas de todos os recantos do Brasil, e movimentar a economia local. Somente na noite de abertura, um público estimado em 80 mil pessoas, ávidas por forró, está sendo aguardado no PP.

A festa que celebra os santos juninos, aquece a economia e movimenta toda uma cadeia, a exemplo de hotéis  restaurantes que lucram com o evento.

O São João 2022 de Campina Grande vai ser o primeiro a acontecer de forma presencial, desde o início da pandemia da Covid-19. A última vez que a festa aconteceu no Parque do Povo foi em 2019.

A novidade deste ano é que, além dos shows que acontecem no palco principal do Parque do Povo, a Secretaria de Cultura de Campina Grande (Secult) deve promover diversas atividades culturais durante o dia.

A edição 2022 do São João, presta homenagem ao artista campinense Genival Lacerda, morto em 2021 por sequelas da Covid-19. Genival esteve no São João de Campina Grande 2019, abrindo a programação e, este ano, o filho dele, João Lacerda, participa da noite de abertura.

Entre as principais atrações que estreiam no São João de Campina Grande está a cantora e campeã do BBB21, Juliette, que é natural da cidade.

Além de Juliette, outro nome de grande destaque é Alok. O DJ chega a Campina Grande pela primeira vez, mas o irmão dele, Dj Bhaskar, já é um dos nomes mais tradicionais em eventos privados alternativos ao Parque do Povo, que também acontecem no período junino.

Artistas tradicionais, seguidos de Luiz Gonzaga, também estão confirmados na festa, a exemplo da paraibana Elba Ramalho que  vai se apresentar no palco principal do Parque do Povo, na noite de 23 de junho, véspera de São João. Outros nomes já conhecidos na festa, também farão show no Parque do Povo, a exemplo de Santanna que canta no último fim semana, e a paraibana Amelinha.

Nomes conhecidos no cenário do forró nacional, como Solange Almeida, Xand Avião, Wesley Safadão, Dorgival Dantas, Mano Walter, além de bandas já conhecidas pelo público campinense, como Calcinha Preta, Magníficos, Banda Palov, Limão com Mel e Cavalo de Pau, também se apresentam.

No clima de abertura da festa, o PB Agora conta um pouco da história da festa que começou simples, mas foi crescendo e se tornou um dos maiores eventos turísticos do Brasil, que há mais de três décadas, atrai turistas de várias cidades e até do exterior.

Este ano o João de Campina Grande completa 39 anos de existência. A primeira edição foi em 4 de junho de 1983, de forma improvisada, em uma palhoça montada na área onde hoje é o Parque do Povo.

Diretora do Memorial do Maior São João do Mundo, a professora Cléa Cordeiro, lembrou que antes de ter essa festa de São João, a população costumava comemorar a festa junina nos bairros, com as quadrilhas e nos clubes.

O começo – O ano foi 1983. A ideia foi do então prefeito Ronaldo Cunha Lima que resolveu construir o Parque do Povo, era um grande terreno baldio, que era conhecido como “coqueiros de José Rodrigues”. Segundo os registros históricos, em 1983, a área já havia sido desapropriada pela prefeitura.

No primeiro ano, não há uma confirmação de quantos dias o evento durou, mas a partir do ano seguinte, em 1984, o evento passou a ter duração de 30 dias. Naquele ano, a festa aconteceu do dia 2 de junho ao dia 1º de julho. Além da palhoça, a festa contava com apresentações em cima de um caminhão. Um dos artistas que se apresentou na época foi o cantor Capilé.

Autor do hino de Campina Grande, Capilé falou ao PB Agora de participar de todas as edições da festa, Capilé realizou o primeiro grande show na festa, ao lado dos Três do Nordeste e Jorge de Altinho.

“Para mim é uma alegria fazer parte dessa festa que está no sangue do povo” disse.

Efetivamente, o São João ganhou dimensão em 1986 com a inauguração do Parque do Povo. Inicialmente foi construída a “Pirâmide” e pavimentada a parte superior do local, onde hoje fica a área de shows do palco principal.

Segundo Cleia Cordeiro, a “Pirâmide” na verdade foi construída para representar uma fogueira e que o local seria chamado de “Forródromo”, em referência ao Sambódromo, em São Paulo. Mas, pelo formato, pouca gente relacionava a obra a uma fogueira e o local ficou conhecido mesmo como a “Pirâmide do Parque do Povo”.

Ainda em 1986, a festa ganhou uma grande proporção, com um palco para shows e centenas de barracas com bebidas e comidas típicas pelo Parque do Povo. “

Somente em 1996, dez anos após a construção do Parque do Povo, a prefeitura resolveu padronizar a festa com modelos de barracas, e pirâmide ganhou um grande letreiro luminoso com o slogan “O Maior São João do Mundo”.

Em 1987 o “Maior São João do Mundo” foi incluído no calendário oficial do Instituto Brasileiro de Turismo. Com a divulgação nacional, o número de turistas na festa aumentou e o espaço começou a ficar pequeno para tanta gente. Em 1989, a prefeitura resolveu fazer uma obra de expansão do Parque do Povo, construindo o que hoje é a parte de baixo do local, onde ficam as barracas, palhoças e a cidade cenográfica.

Vários elementos foram incluídos no Parque do Povo, a exemplo da cidade cenográfica. Ela surgiu em 1999 com réplicas de prédios históricos e templos de Campina Grande.

A cidade cenográfica conta com réplica do Telegrapho, Cassino El Dourado, Cine Capitólio, a Catedral de Nossa Senhora da Conceição e a representação da Vila Nova da Rainha, onde surgiu a população que deu origem a Campina Grande, além da Vila da Imprensa.

Por sua grandiosidade, a festa não se resume ao Parque do Povo, mas ganha força nos distritos. Uma das atrações é o passeio Forroviário.  Este ano, não haverá o “Trem do Forró”, mas a locomotiva movida pela sanfona, triângulo e zabumba, deve voltar em 2023.

No ano 2000 uma mudança marcante foi que o palco principal que ficava na parte de cima do Parque do Povo foi montado na parte de baixo da praça. Mas, em 2014, o palco voltou a ser montado na parte de cima do Parque do Povo.

A mais recente mudança no Parque do Povo foi o palco no formato de 360º, adotado desde 2017. Em meio às mudanças na área de shows, os camarotes e a área vip foram reposicionados.

Devido a pandemia, a festa foi interrompida por dois anos. O Parque do Povo ficou dois anos silencioso como “um gigante adormecido”.

Com o avanço da vacinação e o controle da pandemia, Campina volta a realizar a sua principal festa, resgatando os costumes e tradições de um povo que mesmo na adversidade, não perde a fé e a vontade de celebrar.

Programação completa do São João 2022 de Campina Grande

10 de junho

  • Xand Avião
  • Flávio José
  • Nonato Neto
  • João Lacerda

 

11 de junho

  • Mano Walter
  • Luan Estilizado
  • Zezo
  • Banda Palov

 

12 de junho

  • Léo Santana
  • Pedrinho Pegação
  • Geovane Júnior
  • Alexandre Tan

 

15 de junho

  • Cavaleiros do Forró
  • Kátia Cilene
  • Bob Léo Mercadoria
  • Forró do Nosso Jeito

16 de junho

  • Felipe Amorim
  • Fabiano Guimarães
  • Jhohny Garotinho
  • Guilherme Ferry

 

17 de junho

  • Avine Vinny
  • Aduílio Mendes
  • Nathan Vinícius
  • Rapha Melo

 

18 de junho

  • Felipe Araújo
  • Ton Oliveira
  • Fabrício Rodrigues
  • Diego Santana

 

19 de junho

  • Gusttavo Lima
  • Pedro Cavalcante
  • Filipe Rossi
  • Raphael Moura

21 de junho

  • Padre Nilson
  • Elson Júnior

 

22 de junho

  • Alok
  • Matheus Fernandes
  • Filipe Santos
  • Ramon Schnayder

 

23 de junho

  • Elba Ramalho
  • Nattan
  • Diego Faria
  • Tony Dumond

 

24 de junho

  • Juliette
  • Assisão
  • Os Gonzagas
  • Ana Barros
  • Roberta Miranda

 

25 de junho

  • Israel e Rodolfo
  • Vitória Freitas
  • Felipe Alcântara
  • Biliu de Campina

 

26 de junho

  • Bruno e Denner
  • Gil Mendes
  • Luka Bass
  • Jeito Nordestino

 

28 de junho

  • Limão com Mel
  • Lipe Lucena
  • Forró D2
  • Forrozão das Antigas

 

29 de junho

  • Gustavo Mioto
  • Eliane, Brucelose
  • Gegê Bismarck
  • Brucelose

 

30 de junho

  • Edy Vaqueiro
  • Artur Resenha
  • Forró 3×4
  • Forrozão Karkará

 

1º de julho

  • Mari Fernandez
  • Cascavel
  • Os Três do Nordeste
  • Novinho da Paraíba

 

2 de julho

  • Zé Vaqueiro
  • Magníficos
  • Cavalo de Pau
  • Donas da Farra

 

3 de julho

  • Walkyria Santos
  • Henry Freitas
  • Waldonys
  • Niedson Lua
  • Laís Menezes

 

6 de julho

  • Raí Saia Rodada
  • Japãozin
  • Matheus Alves
  • Lord Vini

 

7 de julho

  • Solange Almeida
  • Márcia Fellipe
  • Sâmya Maia
  • Michel Barka

 

8 de julho

  • Dorgival Dantas
  • Victor Santos
  • Taty Girl
  • Felipe Warley

 

9 de julho

  • Jonas Esticado
  • Santanna
  • Felipe Warley
  • Banda Mexe Ville

 

10 de julho

  • Wesley Safadão
  • Stella Alves
  • Capilé
  • Gleydson Gavião
  • Bizay

Severino Lopes

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      6
      Compartilhe