A Paraíba o tempo todo  |

Bruno Cunha Lima admite realizar São João de CG com novo formato

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Diante das incertezas do momento, devido a Covid-19, o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), admitiu a possibilidade de realizar a edição 2021 do Maior São João do Mundo em um novo formato.
Bruno disse que como gestor, teria muita vontade de realizar a festa no seu primeiro ano de mandato, mas as condições sanitárias é que indicarão se a prefeitura terá condições de promover o evento este.

“Nossa intenção, disposição e torcida é pela realização do Maior São João do Mundo 2021. No meu primeiro ano de gestão, sem dúvidas, teria grande satisfação de dar minha contribuição para que o evento se realize, seguindo rigorosamente todos os protocolos de segurança necessários” afirmou o prefeito.

O prefeito garantiu que só vai realizar o São João, se houver a garantia total de segurança aos turistas e forrozeiro. A decisão será tomada com base na contenção do vírus na cidade e na evolução da campanha de vacinação contra a Covid-19. Até o momento mais de 9 mil pessoas dos grupos prioritários, já foram vacinadas no município.
Por causa da pandemia e risco de propagação do coronavírus, a festa foi cancelada no último ano pelo ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD).

Bruno destaca que pretende realizar o evento na cidade este ano com um novo formato.
– Estamos avançando na vacinação e quanto mais conseguimos vacinar as pessoas dos grupos de risco, mais rápido podemos pensar em retomar a atividade econômica da cidade, atividade turística e a atividade cultural. É natural que não se pense em fazer um São João nos moldes normais, precisa-se fazer um São João adaptado a esta nova realidade. Não tem como fazer um show para 40 mil pessoas. Estamos descentralizando o projeto, afirmou.

Para Bruno, “o mais importante de tudo, é passar pela certeza absoluta de que a festa de 30 dias – ou no formato possível, dadas as circunstâncias, não representará potencialmente riscos à saúde da população.

“O próprio ritmo de vacinação contra a Covid-19 é um aspecto a ser levado em conta. Mas, qualquer que seja a decisão, será sempre adotada com base em critérios objetivos, na base do diálogo e do amadurecimento do debate” enfatizou o prefeito.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe