Por pbagora.com.br

Com a ideia de fazer um circo para quem não quer sair de casa, o SBT estreia sua versão de caça-talentos na era da internet e pós-furacão Susan Boyle.

Do mundo virtual, “Qual É o Seu Talento?” por enquanto usa apenas as inscrições on-line. “Temos uma seção de webtalentos, mas tenho certeza de que o programa inteiro irá para o YouTube após a exibição na TV”, diz o diretor Ricardo Mantoanelli. “É uma ferramenta formidável para divulgação.”

A partir de audições, são escolhidos dez números por programa. O júri é formado pelos produtores Carlos Miranda e Arnaldo Saccomani, pelo compositor Thomas Roth e pela cantora Cyz Zamorano.

Só com a unanimidade o candidato avança na disputa, que tem nove eliminatórias, três semifinais e uma final, em 28 de outubro, que dará ao vencedor R$ 100 mil em ouro.

Três edições, de um total de 13, já foram gravadas. O próximo teste acontece no sábado, no Anhembi. Segundo Mantoanelli, “várias Susan Boyles já apareceram”. “Na estreia, tem o exemplo de um tenor de 44 anos, chamado Marcio Sena, que era limpador de vidros.”

Para Carlos Miranda, “esse papo de Boyle é muita cascata”. “Já vi um monte de mulher feia cantar. Aqui no Brasil tem demais: Elba Ramalho, Aracy de Almeida, Ana Carolina”, enumera. Ele diz não ter tido problema para julgar áreas que não conhece, como mágica ou humor. “A gente tem quase um papel de plateia. Sobrou desenvoltura para brincar, com menos responsabilidade.”

Dessa espécie de “Show de Calouros” modernizado, deve sair um grupo para rodar o país em caravanas circenses.

Folha