A Paraíba o tempo todo  |

Nesta terça-feira: Painel Funesc discute forró, São João e pandemia

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza, nesta terça-feira (22), a partir das 19h, mais uma edição do ‘Painel Funesc’, que vai trazer o tema ‘Forró, São João e Pandemia’, com participação de Janayna Pereira (cantora e compositora), Lucas Dan (sanfoneiro e compositor) e Ivan Dias (músico e pesquisador). O encontro será mediado por Jader Finamore, gerente operacional de Música da Funesc, com transmissão ao vivo via YouTube.

Janayna Pereira nasceu em São Paulo e é cantora, compositora, percussionista e atriz, com 23 anos de carreira. Esteve à frente do grupo Bicho de Pé durante 19 anos e agora segue com carreira solo, embalada em grande parte pelo forró, tanto com sucessos autorais, como com músicas consagradas de grandes compositores nordestinos. Uma de suas músicas mais conhecidas, “Nosso xote”, entrou pra lista dos 50 forrós mais executados nos anos 2000. Agora, está prestes a lançar seu próximo disco, “Tempo Bom”, em 24 de junho, dia de São João.

Lucas Dan é paraibano, musicista, cantor, compositor e sanfoneiro na banda Os Fulano, que teve início em 2009 na cidade de Santa Rita e se tornou uma grande revelação do forró pé-de-serra atual. Com Jader Finamore (cavaquinho), Thiago Melo (zabumba) e Betinho Lucena (triângulo), Lucas Dan escreve letras que representam o cotidiano e a tradição nordestina, além de trazer grandes referências dos renomados mestres do forró. A banda já ganhou o Festival Nordeste Sim Sinhô de Pé-de-Serra, em 2014.

Ivan Dias também é de São Paulo e é pesquisador, DJ, músico, produtor de eventos, colecionador e criador do site forroemvinil.com, que fomenta, resgata e compartilha grande acervo do forró pé de serra, através da discografia da década de 1940 até os dias atuais. É coautor da cartilha ‘O que é forró’ (Latus – EDUEPB), em parceria com o músico paraibano Sandrinho Dupan. Desde 1997 tornou-se DJ de forró nas principais casas de forró e em grandes centros de espetáculo de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

O ‘Painel Funesc’ estreou no dia 14 de julho de 2020 e, desde então, já foram realizados diversos encontros virtuais, semanalmente. A proposta do projeto é levar ao público discussões sobre diferentes linguagens artísticas, além de assuntos relacionados à produção cultural e à cena paraibana.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe