Por pbagora.com.br

A cantora Vanusa morreu hoje aos 73 anos na cidade de Santos, litoral paulista, cerca de um mês depois de ter passado 32 dias internada por conta de uma pneumonia. Ela deixa três filhos.

Vanusa morreu nesta madrugada, na casa de repouso de Santos (SP) aonde estava morando há mais de 2 anos. A cantora já sofria com um estágio avançado de uma demência semelhante ao mal de Alzheimer, segundo o filho Rafael Vanucci.

“O enfermeiro percebeu por volta das 5h30 da manhã que ela estava sem batimentos cardíacos. Imediatamente chamaram a UPA que constatou insuficiência respiratória como a causa mortis”, informou a família, em comunicado.

“Ontem [ela] teve um dia muito feliz com a visita da Amanda, a filha mais velha. Cantou, brincou, riu, se alimentou bem. Nos últimos anos Vanusa teve depressão, problemas gerados pelo uso de medicamentos tarja preta em excesso, o que a deixaram muito debilitada”, acrescenta a nota.

Vanusa ficou entre agosto a setembro internada no Complexo Hospitalar dos Estivadores. Agora, o filho Rafael Vannucci viajará para São Paulo para tratar dos trâmites do enterro – novas informações devem ser passadas no final do dia.

A cantora
Vanusa Santos Flores nasceu na cidade de Cruzeiro, interior de São Paulo, mas foi criada em Uberaba, Minas Gerais.

Foi lá que, aos 16 anos, iniciou sua carreira no grupo Golden Lions. Depois de percorrer diversas cidades, acabou levada par a TV Excelsior, onde estreou na televisão, nos anos 1960.

Ela fez parte do humorístico Os Adoráveis Trapalhões. Em seguida, participou de algumas edições do programa Jovem Guarda, da Record.

Na década seguinte, Vanusa emplacou diversos sucessos musicais, como “Mudanças”, “Manhãs de Setembro”, “Sonhos de um Palhaço” e “Paralelas”.

Ela gravou 23 discos na carreira, superando a marca de 3 milhões de cópias vendidas e mais de 200 prêmios recebidos.

Viralizou
Depois de um tempo longe dos holofotes, Vanusa viralizou na internet em março de 2009 ao desafinar durante a execução do Hino Nacional na Assembleia Legislativa de São Paulo. Ela justificou os erros ao uso de um remédio contra labirintite.

No ano seguinte, ela voltou às manchetes ao errar a letra de “Sonhos de um Palhaço”, de autoria do ex-marido Antônio Marcos, durante evento em homenagem do Dia dos Pais, em Manaus.

Ela, então, cantou um trecho de “Como Vai Você”, outra canção do ex-marido, e disse que sempre confundiu as duas canções.

Internação
No dia 8 de setembro, Vanusa foi hospitalizada no Complexo Hospital dos Servidores, em Santos, com problemas respiratórios e retenção de líquidos. Depois de quatro dias internada, ela foi transferida para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

“Por medida de segurança [os médicos] optaram por transferi-la para UTI diante de quadro de pressão arterial baixa e saturação baixa de oxigênio”, afirmava o comunicado oficial.

Àquela altura, Vanusa respirava com suporte de oxigênio, mas não estava entubada.

Ao comunicar a internação da mãe, dias antes, Rafael Vannucci desabafou. Ele pediu em uma rede social mais “empatia neste momento, e não julgamentos”.

Ele se referia aos boatos que circularam no dia 9 de setembro de que Vanusa estava em estado físico bastante debilitado.

Redação com Uol

Deixe seu Comentário