A Paraíba o tempo todo  |

Jornalista e produtor cultural, Gil Sabino, morre em João Pessoa

O jornalista, produtor cultural, e profissional de marketing Gilvane Sabino, conhecido como Gil Sabino, Morreu na manhã desta quarta-feira (15), em João Pessoa, Ele não resistiu a uma parada cardíaca, ocasionada por problemas de saúde.

Com passagens em vários projetos e veículos de comunicação de João Pessoa e da Paraíba, Gil era bastante conhecido no meio cultural.

De acordo com procedimentos adotados pela família, seu corpo será velado na Central São Batista a partir das 12 horas e o sepultamento ocorre às 17 horas no Parque das Acácias.

Nascido em João Pessoa, no bairro do Roger, Gil Sabino foi atleta de basquetebol mas se notabilizou como divulgador da Emi-Odeon e posteriormente como produtor de grandes artistas nacionais e locais, a exemplo de Gonzaguinha, Musiclube, etc. Deixa cinco filhos.

Ele não resistiu a uma parada cardíaca, ocasionada por problemas de saúde. Com passagens em vários projetos e veículos de comunicação de João Pessoa e da Paraíba, Gil era bastante conhecido no meio cultural.

De acordo com procedimentos adotados pela família, seu corpo será velado na Central São Batista a partir das 12 horas e o sepultamento ocorre às 17 horas no Parque das Acácias.

Nascido em João Pessoa, no bairro do Roger, Gil Sabino foi atleta de basquetebol mas se notabilizou como divulgador da Emi-Odeon e posteriormente como produtor de grandes artistas nacionais e locais, a exemplo de Gonzaguinha, Musiclube, etc. Deixa cinco filhos.

 

João Azevêdo lamenta morte de Gil Sabino

O governador João Azevêdo lamentou a morte prematura do produtor cultural, jornalista e profissional de marketing Gilvane Sabino, aos 62 anos, ocorrida nesta quarta-feira (15), ao sofrer uma parada cardíaca.

Embora tenha começado sua vida no esporte, como atleta de basquetebol, Gil Sabino, como era mais conhecido, se notabilizou na área cultural, onde iniciou como divulgador da Emi-Odeon e posteriormente como produtor de grandes artistas nacionais e locais. Após morar em Recife até 2011, retornou à Paraíba e integrava os quadros do portal WSCom. Recentemente, auxiliou o Governo do Estado assessorando a Secretaria de Estado da Cultura.

João Azevêdo se solidariza com amigos e familiares neste momento de dor e de uma perda irreparável.

 

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe