Por pbagora.com.br

 Um dos nomes mais influentes do cinema regional tem exibição
confirmada de “Jogo de Olhar”, na Mostra SESC PB de Cinema, quinta feira
(29/05), às 19:00 horas, com entrada gratuita.

O premiado cineasta destaca no filme: Na geral, cadeiras ou
arquibancadas habitam olhares, narrando, cada lado, o seu jogo, e por eles,
e só através deles, podemos enxergar o espetáculo que se constrói.

A ficha técnica do “Jogo de olhar” inclui: Direção geral: Marcus
Vilar; Direção de fotografia: João Carlos Beltrão; Desenho sonoro: Guga S.
Rocha; Edição de som: Guga S. Rocha; Edição: Arthur Lins, Carlos Dowling e
Marcus Vilar; Finalização: Ely Marques; Direção de produção: Marcus Vilar e
André Costa Pinto.

O currículo de Vilar destaca: Entre os primeiros trabalhos
realizados estão “24 Horas” (15’, 1987), “Sertãomar” (12’,1994) e “À Margem
da Luz” (06’,1996), co-dirigido com Torquato Joel. Em 1998 dirigiu o seu
primeiro filme em 35mm, “A Árvore da Miséria” (12’), que recebeu prêmios em
vários festivais, a exemplo do 21º Guarnicê de Cinema e Vídeo do Maranhão,
9º Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e 25ª Jornada Internacional
de Cinema de Bahia.

O filme seguinte também recebeu uma série de
premiações. “A Canga” (12’, 2001), foi agraciado com prêmios como o Prêmio
Especial do Júri, no Festival de Cinema de Santa Maria da Feira, em
Portugal, entre outros. Em 2005 lançou “O Meio do Mundo” (12’) – detentor
de três prêmios em festivais nacionais –, e em 2007, “O Senhor do Castelo”
(72’), que foi agraciado com o Prêmio de Júri Popular, na 11º Mostra de
Cinema de Tiradentes.

 

MAIS FILMES DESTACADOS NA QUINTA FEIRA

 

Filme: A Cova da Iria

Direção: Jacinto Moreno

 

 

Filme: Olivia

Direção: Daniel Rosas

Duração: 17’24’’

Sinopse: Olívia (Conceição Myllena) é uma adolescente, que vive
conversando com sua melhor amiga Anabel (Mariana Petite) sobre a cultura
nerd, como o desenho Caverna do Dragão. Durante uma dessas conversas,
Olívia toma uma decisão em relação a um colega de turma (Weverton Diniz),
que irá mudar sua vida para sempre.

Ficha técnica: Direção e roteiro: Daniel Rosas; Produção: Daniel Rosas e
Delosmar Magalhães; Elenco: Conceição Mylena; Mariana Petite; Weverton
Diniz.

 

Filme: O vendedor de coisas

Direção: Deleon Souto

Duração: 20’

Sinopse: No Sertão da Paraíba, um dilema: A certeza de um amor, ou a
entrega da paixão. Afinal, quem ficará com o amor de Rosa?

Ficha técnica: Diretor e roteiro: Deleon Souto; Produção executiva: Alais
Cavalcante e Jéssyka Lima; Direção de fotografia: João Carlos Beltrão;
Técnico de som direto: Aderaldo Júnior; Edição e finalização: Ely Marques;
Diretor de Arte: Mirvan Lúcio.

 

VEJA A NOITE DE SEXTA FEIRA (30/05)

 

• Sertanejo, quem te ensinou a nadar? – Beto Quirino
• Cinema meu – Rodrigo Aquino Quirino
• Catástrofe – Gian Orsini
• O Terceiro Velho – Marcus Vilar

Palestra: Sousa: Conexão Brasil – Portugal

 

OFICINAS E PALESTRAS

 

Além de exibições de filmes da recente produção cinematográfica
paraibana, a mostra organizada pelo SESC abrange oficinas e palestras que
estão acontecendo desde terça feira (28/05) no SESC Centro João Pessoa.

 

CONFIRA AS OPÇÕES

Dia (28/05) – 19h

Palestra: Fotografia de cinema na Paraíba: dos anos 20 até os dias atuais –
Leandro Cunha

Dia (29/05) – 19h

Palestra: A comunidade também fala pela janela – Jacinto Moreno

Dia (30/05) – 19h

Palestra: Sousa: Conexão Brasil – Portugal

OFICINAS:

Produção audiovisual através de pequenas mídias móveis – Mercicleide Ramos
De 27 a 30/05 | 08h às 10h
Auditório do Sesc

Oficina básica de roteiro – Gian Orsisni
De 27 a 30/05 | 10h às 12h
Auditório do Sesc

O vídeo deslocado: oficina de audiovisual – Daniela Geórgia
De 27 a 30/05 | 14h às 16h
Auditório do Sesc

O ator no cinema – TV e vídeo – Marcélia Cartaxo
De 27 a 30/05 | 16h às 18h
Auditório do Sesc

O Setor de Cultura, fica localizado à Rua Desembargador Souto Maior,
Centro, João Pessoa- PB. Fone: 3208-3158 / 9996-0183

 

Ascom