Por pbagora.com.br

 Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestaram queixa por racismo sofrido pela filha Titi através das redes sociais na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática no Rio de Janeiro. Durante participação no “Domingão do Faustão” neste domingo (13), o ator falou sobre o assunto.

Sasha Meneghel posta foto ao lado de Xuxa e se declaraSasha Meneghel posta foto ao lado de Xuxa e se declara
Morre o cantor e compositor Leon Russell, aos 74 anosMorre o cantor e compositor Leon Russell, aos 74 anos
“Cabe a polícia cuidar disso agora. A gente combate o preconceito com amor e justiça. Temos policiais bons que vão descobrir quem fez isso. Minha filha tem algo que esses caras não têm: amor”, disse Gagliasso ao se referir aos comentários de uma página no Instagram que dirigiu frases preconceituosas à Titi.
Pelo Instagram, Giovanna Ewbank também se manifestou sobre o caso com uma frase de Nelson Mandela sobre racismo. “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar”, escreveu.

Redação com UOL

Deixe seu Comentário